CRISTÃOS QUEIXAM-SE DE SEREM AMEAÇADOS EM ALOJAMENTOS PARA REFUGIADOS

 

A organização Open Doors na Alemanha apresentou em Berlim os resultados de uma investigação feita nos alojamentos de primeiro registo (onde ficam geralmente três meses) e constata que 80% dos refugiados cristãos são sujeitos a chicanices por parte de refugiados muçulmanos.

Muçulmanos do Irão e do Afeganistão que se tornam cristãos ainda são mais atacados. Um muçulmano destes países que se converta a outra religião tem que ser reconhecido o estatuto de refugiado, não podendo voltar ao país porque esperar-lhe-ia a pena de morte por ter deixado o islão.

António da Cunha Duarte Justo

Social:

Social:

Publicado por

António da Cunha Duarte Justo

Actividades jornalísticas em foque: análise social, ética, política e religiosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *