LOUVAR EM CIMA E EM BAIXO PARA NÃO TIRAR LOUVORES

Em 15 de Agosto comemora-se a Assunção de Nossa Senhora!

É certamente uma data e uma comemoração importante. Mas quando começaremos nós a olhar também um pouco mais para a Terra? Porque não se passa, na Igreja, a criar a possibilidade de mulheres também fazerem parte do clero?

 

Às vezes chega-se a ter a impressão que tanto louvor a Nossa Senhora e a santas se pode tornar num perigo de um deslouvor (impedir honras e cargos) das mulheres na Terra, impedindo-as de ascender ao sacerdócio jerárquico. A feminilidade e a masculinidade não se reduzem ao sexo; as duas energias pertencem juntas!

Seria oportuno olhar para o Céu sem esquecer a Terra.

António da Cunha Duarte Justo

Pegadas do Tempo

Social:

Social:

Publicado por

António da Cunha Duarte Justo

Actividades jornalísticas em foque: análise social, ética, política e religiosa

2 comentários em “LOUVAR EM CIMA E EM BAIXO PARA NÃO TIRAR LOUVORES”

  1. Muito bem, Justo. Arranja um lugar para a Santa Rosa, mas bem pago com mordomias.
    Rosa De Castro Barros

  2. Rosa, aqui trata-se mais de de coisas menos terrenas mas que podem, também elas, contribuir para que a terra não pese tanto sobre ocaixão! Quanto ao lugar para Santa Rosa, creio que já vens um pouco atrasada! Resta-nos o papel de sermos lavradores de futuro, para que outros possam levantar asas e terem um horizonte mais soalheiro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *