1° DE MAIO – DIA DO TRABALHO (TRABALHADOR)

Vem aí o  “proletariado digital”

 

O presidente da DGB (federação sindical alemã), aproveitou a ocasião do dia do trabalho para alertar

para os riscos que a digitalização e o florescente comércio na Internet representam para os trabalhadores. Existe a ameaça de um “proletariado digital”, com vista, por exemplo, às relações de emprego que existem em parte já no comércio na Internet. Apelou para ao emprego sujeito a contribuições para a segurança social.

De facto, encontramo-nos no início de uma nova revolução: uma revolução tecnológica/digital que mudará profundamente as relações de trabalho!

Os robots e a inteligência artificial causarão certamente consequências, no viver das pessoas, não menores das que causou a passagem da sociedade agrária para a sociedade industrial citadina (com a revolução industrial) no trabalho e nas relações sociais e humanas.

Para todos um dia feliz dia!

António da Cunha Duarte Justo

Pegadas do Tempo

Social:

Social:

Publicado por

António da Cunha Duarte Justo

Actividades jornalísticas em foque: análise social, ética, política e religiosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *