PONTO DE VIRAGEM NAS RELAÇÕES ENTRE EUA E TURQUIA

Joe Biden declarou o massacre aos armênios como genocídio

 

O presidente dos EUA, classificou oficialmente o massacre otomano aos arménios como genocídio. Na sua tomada de posição, a 24 de abril, o presidente dos USA falou do genocídio e de uma “campanha de extermínio” contra os arménios. Outros países europeus (1) já o tinham feito.

Em resposta, políticos turcos disseram que haverá medidas retaliatórias. Apenas o partido pró-curdo HDP exigiu que a Turquia enfrentasse o seu passado.

Cerca de 1,5 milhões de armênios foram mortos. Muitos arménios foram forçados a fazer marchas da morte no deserto da Síria em 1815. Apenas alguns se salvaram.

Esta atitude do presidente americano em relação à Turquia pode ajudar a trazer a UE à sua razão nas relações com a Turquia. A política de Erdogan hostilizou os interesses do Ocidente e, assim, tem destruído o seu sonho de assumir o papel de grande potência na região. A lira turca continuou a perder valor no mercado. Agora Erdogan teria a oportunidade de recorrer à UE e se comportar bem em relação à Grécia e Chipre.

António da Cunha Duarte Justo

Pegadas do Tempo,

 

Centenário do Holocausto dos arménios: https://bomdia.eu/centenario-do-holocausto-dos-armenios/

Social:

Social:

Publicado por

António da Cunha Duarte Justo

Actividades jornalísticas em foque: análise social, ética, política e religiosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *