POSSÍVEL VIAGEM DO PAPA A MOSCOVO – A NATO FEZ COM QUE O KREMLIN REAGISSE MAL E DESENCADEASSE O CONFLITO

Uma boa Ocasião para os Media começarem a ser mais objectivos nas Informações

Na entrevista ao jornal Corriere della Sera (03.05.2022), o Papa Francisco disse que estava pronto para ir a Moscovo e que quem começou propriamente a guerra foi a NATO: “Penso que antes de ir a Kiev, tenho de ir a Moscovo”. Disse que o encontro não serviria exactamente para condenar Putin, porque o verdadeiro “escândalo” da guerra de Putin era “o ladrar da NATO às portas da Rússia”, fazendo com que o Kremlin “reagisse erradamente e desencadeasse o conflito”(1).

A viagem de um papa tem sempre um caracter simbólico e como tal o Santo Padre prefere ir primeiro a Moscovo e só depois dar resposta ao convite da Ucrânia! Francisco considera que uma visita a Kiev neste momento é de pouca utilidade para a paz. “Sinto que não devo ir. Primeiro tenho de ir a Moscovo, primeiro tenho de me encontrar com Putin. Mas também sou padre, o que posso fazer? Eu faço o que eu posso. Se Putin abrir a porta.”  O Santo Padre já várias vezes tinha condenado claramente a guerra de intervenção.

O chefe da Igreja também culpou a guerra do “comércio” de armas, um “escândalo” com o qual poucos discordariam.  E acrescenta: “Era evidente que as armas estavam a ser testadas ali. Os russos sabem agora que os seus veículos blindados são pouco úteis “e já estão a pensar noutras coisas”. As guerras são travadas para testar armas que tenham sido produzidas. Outras citações do Papa no Corriere della Sera em nota (2):

O vaticano já iniciou diligência e enviou a Putin a mensagem de que o Papa estava disposto a ir a Moscou (3).

À pergunta sobre a conversa vídeo que teve com o Patriarca Kirill, Francisco disse ter-lhe respondido: “Irmão, não somos clérigos do estado; não podemos usar a linguagem da política, mas a de Jesus. Somos pastores do mesmo povo santo de Deus.”

Esta intervenção do Papa poderia tornar-se em motivo para que a imprensa passasse a ter mais interesse em livros e investigação do que em armas e propaganda!

De facto, teremos de concluir que nesta guerra, além da dignidade humana, quem mais perderá será a Europa que vai de Lisboa aos Urais. A estratégia militar russa está a falhar, a estratégia dos USA/NATO de construirem um mundo unipolar falhará porque obrigaria a Rússia a unir-se à China e a China terá então oportunidade de invadir também Taiwan! Este medo de virmos a ter uma guerra mundial com dois epicentros (um na Europa e outro na Ásia, poderá levar os USA a não intervirem directamente mas a tentarem prolongar a guerra na Ucrânia para enfraquecerem mais a Rússia à custa da Europa e a aniquilação da Ucrânia. Ainda bem que a NATO não tem folgo para manter uma guerra com dois epicentros porque desta maneira talvez se evite uma guerra nuclear (4).

António da Cunha Duarte Justo

Pegadas do Tempo

(1)  https://doharoots.com/de/papst-franziskus-sagt-die-nato-habe-den-krieg-in-der-ukraine-begonnen-indem-sie-an-putins-tuer-bellte/ ; https://www.vaticannews.va/de/papst/news/2022-05/papst-franziskus-interview-putin-corriere-della-sera.html

(2)  https://www.ihu.unisinos.br/618223-papa-francisco-putin-nao-para-quero-encontra-lo-em-moscou-agora-nao-irei-a-kiev

(3) O Papa Francisco diz que a Otan parece ter começado o conflito latindo na porta de Putin: https://dutchbullion.de/papst-franziskus-sagt-die-nato-habe-den-krieg-in-der-ukraine-begonnen-indem-sie-putins-tur-anbellte/

(4) Ucrânia entre imperialismo russo e ocidental: https://www.triplov.com/letras/Antonio-Justo/2014/ucrania.htm

Social:
Pin Share

Social:

Publicado por

António da Cunha Duarte Justo

Actividades jornalísticas em foque: análise social, ética, política e religiosa

26 comentários em “POSSÍVEL VIAGEM DO PAPA A MOSCOVO – A NATO FEZ COM QUE O KREMLIN REAGISSE MAL E DESENCADEASSE O CONFLITO”

  1. Pois, faz-me muitos apelos à guerra e não intenção de alguns lideres políticos, já estaríamos em guerra total e infelizmente a retórica tem sido pela guerra, mesmo colocando um tom emocional nas palavras proferidas, através de um discurso de mão única.

  2. O discurso político eeeeuropeu e a campanha da imprensa tem dado a impressão de estarem a preparar uma guerra total! Felizmente o chanceler alemão tem resistido às insistências guerreiras e ainda tem uma política de indecisão.

  3. Com a intervenção da política em empresas como FB, Istagram, etc obrigando-as a censurar conteúdos e opiniões particulares dá-se uma promiscuidade entre olítica e Media que não mais é que um atentado contra a liberdade do cidadão. A guerra entre a Rússia e a Nato tem contribuido para a censura da opinião pública de maneira a obter-se um pensar único como é própri de estados autocráticos.

  4. António Cunha Duarte Justo, exactamente! Pena que muitos poucos consigam fazer essa lúcida leitura…
    FB

  5. É essa mansa obediência das massas que permite às elites todo o tipo de atrocidades…

  6. A informação controlada, não pelos jornalistas, mas por donos das agências noticiosas, é como a trela na mão de quem manda ( maior parte dos jornalistas transmitem o que recebem sem tempo sequer para análise e no caso muitas vezesse o fizessem teriam de tremer pelo lugar de emprego). As pessoas sentam-se a ver TV e engolem tudo, não se perguntando: porque esta notícia e não outra; que pretende esta notícia e a quem vai servir a notícia!

  7. O espírito crítico, o questionamento, a indagação, a análise e o discernimento são capacidades que o ser humano actual perdeu, não só por vontade própria, alguns, mas por força do processo manipulativo e controlador a que tem sido sujeito nas últimas décadas.

  8. A educação que recebemos é orientada para servir, para funcionar num mecanismo pre-estabelecido! A política dos Ministérios da Educação é condicionada a servir o sistema e os grupos sociais que o orientam ou dele usufruem. O ensino e a educação não estão programadas ara levar o cidadão a pensar por cabeça própria! Além de tudo mais, pensar faz doer!!!

  9. Joe Bernard, é livre e justo, e porque vê o que se passa dos dois lados não se deixa levar na enxurrada dos que não têm informação nem opinião diferenciada sobre o assunto.
    Boa educação também se poderia tornar num bem de consumo!

  10. E qual foi a recção do Putin,sobre a visita do papa Francisco à Moscovo ????

  11. Alegria Piaget , creio que não, apesar de o papa ter contribuído para se compreender o problema de fundo e ter tido a coragem de se manifestar contra a imprensa do pensamento único a que estamos sujeito! Mas o papa também já criticou a intervenção de Putin na Ucrânia o que também não lhe agrada. Neem os USA nem a Rússia gostam do que o Papa diz, porque estão interessadoos apenas em poder político e económico!.

  12. Nesse caso, vai mudar de “opinião” ou cai da governação e assim se muda o governo de uma nação…

  13. Gorbatschov sonhava com a “Casa da Europa” mas os USA trocaram-lhe as voltas mantendo a aliança militar (NATO) para apostar na agressão. Os políticos europeus atraiçoaram a Europa que teria tido ocasião de com a Rússia se desenvolver à margem da política anglosaxónica agressiva! Voltar à URRS é a propaganda que os parceiros da NATO procuram impingir no povo! Essa corresponderia à estratégia militarista da NATO para justificar mais armamento!

  14. António Cunha Duarte Justo , está com falta de litio. Tome a medição, vá

  15. José António Rodrigues Carmo, infelizmente quando o socialismo real caiu, o Ocidente comportou-se como vencedor bêbedo (quando era apenas uma oferta) e deixou-se levar na enxurrada dos USA desprezando o estender da mão de Gorvatscow e mais tarde de Putin. A Europa deixou-se levar e os USA determinaram aproveitar-se do espólio socialista para ir impondo o imperialismo americano. Haveria uma pergunta a fazer: qual a razão que levou a Europa a não seguir o conselho de Gorbatschov de se construir uma “Casa Europeia”.

  16. Isso, são tempos passado e atualidade leva ao confronto armado,caso Russia x Ucrânia

  17. Então sua visita,caso ele insista,será um risco ou pode lhe trazer consequências ruins ??

  18. Alegria Piaget, a visita seria boa para a Rússia e para o Ocidente. Mas agora que a Alemanha também entra oficialmente com o apoio de armas pesadas na Ucrânia está tudo estragado. Vamos ver o que Putin diz amanhã, dia da celebração da victória russa contra Hitler! Estamos metidos numa guerra de Lúcifer contra o Diabo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.