AUMENTO ENGANOSO DA REFORMA 2022 EM PORTUGAL

Mais de 70% das Reformas em Portugal são abaixo do Salário Mínimo

Em Portugal o aumento das reformas para 2022 foi escalonado em 0,99% para pensões inferiores a 877,62 euros, 0,49% para pensões entre 877,63€ e 2.632,86€, e 0,24% para pensões superiores a 2.632,86 € (1)! 

Desta forma transmite-se a impressão de justiça. Além da política de informação não ser transparente, cada vez nos distanciamos mais do desenvolvimento doutros estados europeus (2). A troika mascarada e a má gerência estão a ser pagas pela classe média e pelos reformados! A situação é tão precária que leva à desilusão, só de pensar nela, e ao desespero de pessoas afectadas!

Mais de 70% das reformas em Portugal são abaixo do salário mínimo e o falar mavioso da política engana o povo com pretensos aumentos que de facto não o são devido à inflacção real, ao maior aumento dos combustíveis,  custos de vida e de impostos! O engano é encoberto devido aos aleluias do regime em que tem sido formatado e acompanhado com a fanfarra de Media a modus de sereia!

O engano é encoberto devido aos aleluias do regime em que tem sido formatado e acompanhado com a fanfarra de Media a modus de sereia!

Em Portugal o salário mínimo é de 4,01€ por hora (isto é, mensal em 2021: 665 euros e em 2022 é de 705 euros (4)!

O valor mínimo da reforma em Portugal divide-se por escalões de tempos de contribuição que determinam a correspondente reforma:

Escalões da Carreira contributiva Valor mínimo
Menos de 15 anos   275,30 €
15 a 20 anos   288,79 €
21 a 30 anos   318,67 €
31 e mais anos   398,34 €

 

Os reformados deveriam poder viver adequadamente das suas pensões! Em vez disso muitíssimos são obrigados a viver na pobreza envergonhada e no sentimento de terem de ser um grande peso para os familiares que os apoiam.

Para se ter uma melhor compreensão dos valores, o Salário Médio mensal (3) em Portugal é de 1.314 euros (2020) e nalgumas regiões do país é apenas de 800 euros. De não esquecer que para se chegar a uma média portuguesa mensal de 1.314 são considerados os salários mínimos e também ordenados como o do Administrador do Banco de Portugal cujo valor mensal é de 16.962,28€.

Os falsos aumentos revelam-se como maiores contributos para o IRS (5).

Vivemos num país pobre, mas de governantes com ares de satisfeitos e ricos.

Segundo o Expresso (18.01.2022) “Entre os que são pobres, 43% vivem em casas sem aquecimento suficiente”.

António CD Justo

Pegadas do Tempo,

(1) https://cnnportugal.iol.pt/reformas/pensionistas/pensoes-mais-baixas-deverao-ter-aumento-de-0-99-em-2022/20211130/61a5feca0cf21a10a411ecdd #

(2) Na Alemanha a actual coligação governamental acordara que o aumento das pensões para 2022 será já não de 5,2% no Oeste e de 5,9% no Leste, mas de 4,4% no Oeste da Alemanha e 5,9% no Leste.

(3) https://www.publico.pt/2021/11/19/politica/noticia/salario-medio-regioes-pais-apenas-800-euros-1985591?utm_content=Provadosfactos&utm_term=Prova+dos+factos+-+O+caso+Rendeiro+e+a+purga+no+PSD&utm_campaign=55&utm_source=e-goi&utm_medium=email

(4) Na Alemanha, o aumento do salário mínimo para 12 euros deverá ser já implementado pela nova coligação até meados de 2022. Na Alemanha a idade de aposentaçãoé aos 67 anos.

(5) Os falsos aumentos que afinal são maiores descontos de irs: “Troika Disfarçada ou Sadismo Fiscal Criativo? O efeito perverso do desdobramento dos escalões de IRS de 2022 é agora visível nas folhas de pagamento dos salários e pensões de janeiro. Num exemplo que agora me mostraram, uma pensão cujo valor bruto aumentou de 12 €/mês resultou afinal numa perda líquida efetiva de 28€/mês relativamente a 2021! A classe média continua a ser o bombo da festa! (título e imagem recortados da plataforma ComparaJá).Ver em

https://blog.lusofonias.net/os-falsos-aumentos-que…/  Que Povo vive de que Povo?  https://antonio-justo.eu/?p=6901

 

 

 

Social:
Pin Share

Social:

Publicado por

António da Cunha Duarte Justo

Actividades jornalísticas em foque: análise social, ética, política e religiosa

28 comentários em “AUMENTO ENGANOSO DA REFORMA 2022 EM PORTUGAL”

  1. Os políticos em Portugal só enganam o povo mais pobre!
    E são os mais massacrados com impostos.
    Ganha-se pouco, paga-se mais.
    O meu abraço.

  2. Isabel Benz, humildade é desconhecida nos nossos pelouros e admitir os próprios fracassos não parece ser apanágio de gente para quem a moral parece estar ao serviço dos próprios interesses! na Casa Branca tem estado ausente há três décadas. Onde não há culpa também não há remissão!…

  3. Rebanho sem voz…
    As “crises” sucessivas justificam tudo.
    Ditadura em Democracia
    existe !!!???

  4. José Fratel, desculpe mas que informação é que o amigo tem mais para dar??? Agradecia que argumentasse, porque o que escrevi é fruto de investigação real! Embora estejamos em tempo de eleições não serão suficientes declarações de fé partidárias! Tente ler também as notas que se encontram no artigo! Não estou aqui para defender nenhum partido! Um Abraço

  5. Isabel Silva, pelos vistos está de acordo com a política seguida e a injustiça seguida especialmente em relação aos reformados e a quem paga mais impostos! Bruxelas volta depois das eleições! Aqui trata-se de um assunto de dignidade humana e de que são responsáveis , o povo, todos os governos e em especial os socialistas que deveriam defender os mais fracos e pelo contrário têm servido sobretudo os seus amigos de caviar!

  6. Tudo isto é mentira e grossa, a minha mulher descontou, 11 anos, depois foi operada duas vezes, a um peito ,e, não tem direito a nada, eu tenho 74 anos desc, 46 tenho uma ref, de merda, mas como a minha mulher desc, mesmo assim 11 anos hoje mesmo fui a segurança social, em letra pequena, e sabem o que me foi dito, NÃO tem direito a nada para ter o seu marido tinha que ter uma reforma de 200e tal euros, ho para como se tem de ter paciencia com um desgoverno deste de terroristas que é menmo assim, os 11 anos vão para quem e o SOCIALISMO, só fazem pobres e para desgraçados, e passarem fome, e é o partido dos pobres, puro engano . Ponham se finos e MUDAR, ESTA MERDA

  7. António Melo, precisamente para o estado injusto em que se encontra grande parte dos reformados portugueses escrevi o artigo, que a ser como a oficialidade pblica já é mais que mau!. Que as situações concretas ainda se encontrem em estado pior do que o que descrevo (dados oficiais) penso ser natural num país do faz de conta em que parte da elite política nao tem pejo de actuar tão hipocrita e administrar tão mal Portugal!

  8. Os reformados são enganados não só em Portugal,como nalguns paises chamados ricos . Após décadas de descontos milhões de alemães têm uma reforma baixissima,e são obrigados para terem uma vida de sobrevivência,são obrigados a recorrer à chamada esmola social,de rendimento básico (Grundsicherung).Não recebem nem subsidio de ferias e natal.No pretérito ano a coligação GROKO SPD/CDU,estiveram de acordo com o sr.ministro Hubertus Heil,não aumentarem um cêntimo sequer nas reformas.Este ano a partir de Julho vão subir 5,% para contentar o pessoal.Um abraço
    .

  9. Manuel Adaes, a respeito dos aumentos de pensões na Alemanha pode ver os dados oficiais em: https://antonio-justo.eu/?p=6834 ; os aumentos têm sido grandes todos os anos só havendo um ano em que não houve amentos. A Groko queria um aumento de 5% para 2022 mas o novo governo diminuiu de um ponto a reforma no ocidente! A seriedade perante os reformados não tem comparação entre a Alemanha e Portugal. Não há comparação que justifique o que acontece já desde há muitos anos em Portugal em relação ao comportamento político perante os reformados! O meu artigo pretendia pôr a descoberto a injustiça praticada a nível de miséria para com os desfavorecidos! Abraço
    AS PENSÕES AUMENTAM MAIS DE 5% EM 2022 NA ALEMANHA
    ANTONIO-JUSTO.EU

  10. Caro amigo! Como sabe estou reformado e, por isso reparto o meu tempo em Lisboa e na Alemanha. Em Lisboa, assumi desde 2014 as funções de administrador do condomínio. Temos uma porteira que ganha o ordenado mínimo. Em 2014 recebeu 403,00 euros, liquido, 14 vezes por ano. Em 2020 ordenado 635,00 bruto. Descontados 11% taxa social dá um liquido de 565,15 euros, 14 vezes. Em 2021 ordenado 665,00 deduzidos os 11% dá um liquido de 591,85. Em 2022 ordenado 705,00, deduzidos os 11% dá um liquido de 627,45. Os ordenados liquidos são pagos 14 vezes ao ano. Junho, subsidio de férias. Dezembro subsidio de Natal. A entidade patronal paga 23% para a taxa social.
    Os calculos dos descontos são os que se aplicam em todos os casos.
    Meu amigo, eu também não ando em campanha eleitoral.
    Se me perguntar se o ordenado é elevado, concerteza que que responde que não. Tenho conseguido gerir as quotas pagas pelos condóminos e desde que assumi este cargo, sem vencimento e sem redução da quota, que não aceitei, nunca o valor da quota foi aumentado porque também conheço as dificuldades de grande parte dos condóminos. O que pretendo provar é que de facto há um aumento do vencimento mínimo real. Suficiente? Acho que não.
    Já agora, e acho que o amigo Justo sabe isso tão bem como eu, houve um ano em que eu recebi um pequeno aumento da minha reforma na Alemanha aliás a única que tenho e quando isso aconteceu, acabei por ver a reforma liquida inferior à do ano anterior, o que não é o caso de Portugal onde a taxa social se manteve sempre nos 11%. Certamente que também sabe que em Portugal as reformas são valores brutos e que aquelas de que falamos estao isentas de IRS. Um abraço.
    FB

  11. José Fratel, nada do que diz contradiz o que escrevi! Que os que têm uma reforma de miséria não pagam IRS não é de ter como virtude do Estado. Quem tem valores superiores, em muitos casos tem de pagar mais IRS de modo a os aumentos irrisórios se revelarem em maior contribuições para o Estado do que o valor do aumento recebido! Admira-me o amigo, atendendo aos dados estatísticos poder ainda tentar justificar tal situação! Compreendo assim que as nossas elites não precisem de se esforçar porque se sabem justificadas no que fazem e no que deixam de fazer! Para nós é fácil falar porque não tivemos a pouca sorte da maioria dos portugueses em causa! Ainda não se passou um mês e já os aumentos foram comidos devido aos aumentos das energias e também de contribuições e carestia de vida! Abraço

  12. Mas isto não é de admirar seja em que país for e Portugal não foge à regra, porque isto acontece, alegadamente, a todos os países que são governados por ladrões .

  13. Isto tem sido um acumular de enganos e gente enganosa, e os Portugueses pacatos acomodam-se. Uma boa percentagem vieram de países africanos acumulados da guerra e não estão para
    mais lutas. O povo que já cá existia saiu da pobreza inerente na altura e passou a viver um pouco mais desafogado. E assim todos estamos à espera que o fim do mês chegue para recebermos a côdea porque o miolo nunca o veremos. Assim vai a vida dos acomodados….

  14. Quando actualizam o salário mínimo, deviam actualizar as reformas, sobretudo as que foram fixadas com base no salário mínimo existente à data da sua fixação.
    FB

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.