A UNIÃO EUROPEIA CENSURA A ALEMANHA POR RESTRIÇÕES FEITAS A PORTUGAL

A Comissão Europeia considera que as restrições de viagem impostas pela Alemanha a Portugal são demasiado abrangentes e não estão em conformidade com os acordos entre os Estados da UE, segundo relata a imprensa alemã.

Os Estados Membros poderiam tomar “medidas rigorosas, tais como quarentena no caso do aparecimento de variantes do coronavírus, mas deveriam evitar proibições de viagem”, disse um porta-voz da UE (HNA, 30.06). Com a classificação alemã de Portugal como zona de vírus-variante , aplica-se uma ampla proibição de viagens a companhias aéreas, autocarros e companhias ferroviárias. Estas só estão autorizados transportar, através das fronteiras, acidadãos alemães e estrangeiros residentes na Alemanha.

Uma obrigação de quarentena de 14 dias aplica-se a quem entra na Alemanha, esteja ele vacinado ou não. Isto questiona a própria vacinação.

O governo alemão, vê-se na necessidade de explicar e argumenta  que as restrições se aplicam a países onde a variante Delta é generalizada, como seria o caso da Índia, do Reino Unido e de Portugal.

Pelos vistos o vírus veio para ficar; portanto, o que é necessário são medicamentos contra os seus estragos.

António CD Justo

Pegdas do Temp

Social:

Social:

Publicado por

António da Cunha Duarte Justo

Actividades jornalísticas em foque: análise social, ética, política e religiosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *