Asilo de Refugiados em Igrejas alemãs

Mais de 350 refugiados ameaçados de deportação da Alemanha desfrutam de asilo em Igrejas. Segundo a revista alemã SPIEGEL, o ministro do Interior de Maizière está aborrecido. Numa reunião como os bispos católicos alemães, terá criticado a prática de asilo nas igrejas. Estas têm concedido asilo a refugiados sob ameaça de extradição e que constituem casos especiais de humanidade.
Actualmente encontram-se 359 refugiados, incluindo 109 crianças em 200 igrejas.

António Justo

Social:
Pin Share

Social:

Publicado por

António da Cunha Duarte Justo

Actividades jornalísticas em foque: análise social, ética, política e religiosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.