TRAVESSIA AÉREA DO ATLÂNTICO SUL – GAGO COUTINHO SEM NOME EM AEROPORTOS PORTUGUESES

A 30 de março de 1922 Gago Coutinho (aviador) e Sacadura Cabral (marinheiro) iniciaram a  primeira travessia aérea do Atlântico Sul (Lisboa – Rio de Janeiro) a bordo do hidroavião Lusitânia.

Como relata a Wikipédia, embora a viagem tenha consumido setenta e nove dias, o tempo de voo foi de apenas sessenta e duas horas e vinte e seis minutos, tendo percorrido um total de 8.383 quilômetros. Qual será o motivo

Os nossos grandes aeroportos têm nomes de políticos! Um índice da desqualificação da ciência e do povo português em proveito dos políticos é a vaidade de reservar nomes de políticos para aeroportos (Uma usurpação?)!

António da Cunha Duarte Justo

Pegadas do Tempo

Social:

Social:

Publicado por

António da Cunha Duarte Justo

Actividades jornalísticas em foque: análise social, ética, política e religiosa

Um comentário em “TRAVESSIA AÉREA DO ATLÂNTICO SUL – GAGO COUTINHO SEM NOME EM AEROPORTOS PORTUGUESES”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *