RELATÓRIO DAS SENTENÇAS DE MORTE EM 2021 – UMA PRÁTICA BÁRBARA

A Amnistia Internacional, no seu relatório anual, apresentou o número de sentenças de morte registadas em 2021 que se cifrou em, pelo menos, 2.052 em 56 países.

Em comparação com o ano anterior houve um aumento de quase 40%.

Em 18 países, foram efectuadas pelo menos 579 execuções. Entre elas havia 24 mulheres: 14 no Irão, 8 no Egipto, uma na Arábia Saudita e uma nos EUA.

A pena de morte é uma prática desumana que peca contra a dignidade da pessoa e revela a crueldade institucionalizada. Nalguns países, esta prática bárbara é executada em público!

Uma instituição estatal que se arroga o direito de dispor sobre a vida de alguém comete um crime contra a humanidade!

Na China, as sentenças de morte e as execuções são mantidas em segredo, pelo que é impossível apresentar-se números objectivos. https://de.statista.com/…/umfrage/hinrichtungen-weltweit/

António da Cunha Duarte Justo

Pegadas do Tempo

Social:
Pin Share

Social:

Publicado por

António da Cunha Duarte Justo

Actividades jornalísticas em foque: análise social, ética, política e religiosa

2 comentários em “RELATÓRIO DAS SENTENÇAS DE MORTE EM 2021 – UMA PRÁTICA BÁRBARA”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.