A RÚSSIA E A CHINA APROXIMAM-SE E REJEITAM UM MUNDO UNIPOLAR!

A Rússia e a China concordam em ampliar a cooperação, após reuniões entre os ministros dos negócios estrangeiros Lavrov e Wang Yi.
O Ministro dos Negócios Estrangeiros chinês Wang YI deu apoio político à Rússia, dizendo que a questão ucraniana é o resultado não só de um antigo conflito de segurança mas também “a mentalidade da guerra fria e do confronto”. A China retratou os EUA e a OTAN como os principais culpados da crise.
“A cooperação entre a Rússia e a China não tem limites”, disse o porta-voz dos negócios estrangeiros da China, Wang Wenbin: “Trabalhamos pela paz sem fronteiras, mantemos a segurança sem fronteiras, rejeitamos a hegemonia”.
Como era de prever ( https://www.triplov.com/…/Antonio-Justo/2014/ucrania.htm) nos inícios do conflito armado em 2014, os blocos juntam-se e deste modo a globalização é fundamentalmente questionada.
Uma Europa, nas últimas dezenas de anos, só interessada na sua economia ao não assumir responsablidade global neu pela Europa, vai fazer pagar caro aos cidadãos a sua falta de visão!
António da Cunha Duarte Justo
Pegadas do Tempo
Social:
Pin Share

Social:

Publicado por

António da Cunha Duarte Justo

Actividades jornalísticas em foque: análise social, ética, política e religiosa

10 comentários em “A RÚSSIA E A CHINA APROXIMAM-SE E REJEITAM UM MUNDO UNIPOLAR!”

  1. A aliança China+Rússia é absolutamente previsível e lógica – a China percebe perfeitamente a lógica dos EUA, que é enfraquecer definitivamente a Rússia, para depois ter toda a sua força para afrontar a China. São tão transparentes…

  2. Fátima Diogo, exactamente! Para os europeus é uma catástrofe porque no meu parecer deveriam fazer uma política geoestratégica diferente dos USA até porque geograficamente a Rússia faz parte da Europa e também geograficamente a Europa aparece no mapa quase como uma região pertencente à Ásia!

  3. A zurzir na Europa/UE/Ocidente em geral …como se houvesse necessidade de justificar a posição de duas potências que têm, no poder, dois trogloditas (embora com algumas diferenças). Ainda vamos a tempo de parar a ‘nova rota da seda’ …

  4. Isabel Faria, o problema está no facto da imprensa dos dois blocos apoiarem a guerra em vez de observarem bem o que se passou e o que se passa para se chegar a compromissos! Aqui trata-se primeiramente de ouvir uns e outros para cada um ir tirando as suas conclusões sabendo-se que em questões de luta pela hegemonia não só há luta de interesses entre o diabo e belzebu. Creio que nós ocidentais deveríamos exigir maior análise de factos, causas e consequências antes de nos colocarmos de um ou do outro lado dos guerreiros muito embora não se podendo aceitar a chacina que está a acontecer na Ucrânia. O mal é que ela já existia antes dos europeus e a Europa acordar!

  5. Fátima Diogo Quando quiser viajar com viagem somente de ida para ambos os países, que aliás eu conheço…. faço questão de pagar

  6. Carlos Peres, no que refere à Fátima Diogo e certamente ao meu acordo, dá a impressão de estar irritado, quando não era essa a intenção! Tentar subornar com aliciantes económicos (viagem à rússia), penso que é uma atitude mais própria dos criminosos da Rússia e da Ucrânia!

  7. António Cunha Duarte Justo, a Rússia até pode ser um dia Ocidental e defender os valores ocidentais, mas certamente não será nos próximos anos….. Rússia é governado por um bando de criminosos

  8. António Cunha Duarte Justo A Rússia até pode ser um dia Ocidental e defender os valores ocidentais, mas certamente não será nos próximos anos….. Rússia é governado por um bando de criminosos

  9. Carlos Peres sim, temos que pensar em termos histórico-geográficos e por isso penso que a Europa está a atrasar o desenvolvimento da sua própria história. Penso que não ser deveria amarrar nem aos USA nem à Rússia para não se iniciar um caminho de maior autoritarismo e de maior condicionamente da própria democracia e castigo para os próprios cidadão-consumentes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *