RESTAURAÇÃO DE PORTUGAL INDEPENDENTE – FERIADO 1° DE DEZEMBRO

O golpe de estado revolucionário ocorrido a 1 de dezembro de 1640 deu-se no sentido dos interesses de Portugal sendo proclamada nesse dia (contra a União Ibérica 1580-1640) a independência de Portugal como país soberano!

O 1 de dezembro é o feriado civil mais antigo de Portugal.

Então, partes do clero e da nobreza conspiraram e proclamaram D. João, Duque de Bragança como rei de Portugal.

Terminavam-se assim 60 anos do domínio espanhol filipino que foi fatal para a economia e para a política ultramarina portuguesa.

Em Portugal manteve-se o movimento iberista que encontra adeptos em forças de economia liberalistas e em defensores do internacionalismo ideológico.

É natural que a ideia de independência nacional mude com o tempo ao gosto das elites que dependem, por suas vezes, hoje mais do que nunca das elites universais. Daqui surge um perigo: o que determina o pulsar da nação são interesses por vezes alheios ao todo; seria de recordar que só seremos presentes no mundo enquanto mantivermos uma identidade própria. A importância de Portugal exige uma certa distância de tudo o que é enxurrada económica ou ideológica.

Também não é próprio um “orgulho” nacional que se perde em pormenores. Não é desejável uma sociedade virada sobretudo para o passado, mas também não é de aspirar um país vira-casacas.

António da Cunha Duarte Justo

Pegadas do Tempo

 

Social:

Social:

Publicado por

António da Cunha Duarte Justo

Actividades jornalísticas em foque: análise social, ética, política e religiosa

3 comentários em “RESTAURAÇÃO DE PORTUGAL INDEPENDENTE – FERIADO 1° DE DEZEMBRO”

  1. Ah!!!! Desejável mas tão difícil !!! Como conseguir o distanciamento da enxurrada económica ou ideológica se o mundo anda tão obcecado por isso e nós andamos por cá? Também,
    o “orgulho” nacional que se perde em pormenores faz parte do nosso ADN. Por mais que queiramos não alcançamos a meta.
    Que meta? Afinal com todos os defeitos e inconveniências há quem goste de Portugal e ache que ainda somos um país seguro. Por isso, gratidão para D. João IV, Duque de Bragança, que nos libertou do domínio dos espanhóis em
    1 de Dez. de 1640 e esperemos que tudo vá mudando para melhor.

  2. Uma licao de historia completa que deveria ser ensinada a todos os alunos. A mim fez-me relembrar o que aprendi ha muitos anos. Obgda um grande beijo para todos da amiga Milu

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *