NESTA GUERRA, COMO NAS OUTRAS, A VERDADE É PARTIDA E REPARIDA

Voltaire dizia: “A história é uma mentira com a qual as pessoas concordaram”

Se não fosse a mentira não haveria soldados em combate! O problema é que a mentira de um lado se torna na verdade do outro lado e vice-versa. E a acrescentar a esse mal, ainda se torna mais fatal o facto de o povo querer certezas!

A grande mentira ocidental é querer fazer crer ao povo que a guerra na Ucrânia não é uma guerra entre a Rússia e os EUA/NATO na defesa de meros interesses económicos e estratégicos das duas potências. Ao declararem a invasão russa como uma guerra entre a Ucrânia e a Rússia estão a fazer do seu público pessoas ingénuas que importa alinhar no sentido das suas fileiras! O mesmo faz a Rússia do seu lado.

A falta de critério encontra-se numa União Europeia que se depara entre a Rússia e os EUA e não se dá conta nem do que é, do que quer, nem da sua posição. Em vez disso tem servido os interesses americanos não interessados em findar a guerra. A UE perdeu a sua ocasião histórica de, numa fase intermédia, fomentar uma política no sentido de uma Ucrânia neutra e independente! Entretanto, devido ao acirrar guerreiro, Putin já se encontra no direito de integrar parte do território da Ucrânia na Rússia, o que irá acontecer.

Putin manifestou sempre a exigência do cumprimento do compromisso assumido pela NATO de não ampliar o seu território em direcção à Rússia. Quando Gorbatchov em 1990 permitiu que a RDA (Alemanha de Leste) se unisse à Alemanha ocidental (RFA) foi dada garantia nos protocolos de 1990 de que a OTAN não se expandiria para Leste.

Há um ditado atribuído a Gorbatchov que admoesta: “Aquele que se atrasa é punido pela vida”.

E a Europa distraiu-se, esquecendo-se de ela mesma, para andar a fazer o jogo dos outros!

António da Cunha Duarte Justo

Pegadas do Tempo

Social:
Pin Share

Social:

Publicado por

António da Cunha Duarte Justo

Actividades jornalísticas em foque: análise social, ética, política e religiosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *