A TROIKA TEM OS DIAS CONTADOS

A Grécia deu-lhe o xeque-mate! A Barragem do Euro começa a ter rasgos grandes.
A Troika passou a ser o símbolo da crise e da desdemocratização! As conversações passarão a dar-se em Brussel a nível político.
Não será fácil porque nas conversações em torno da crise todos os países terão de ser incluídos. O mero perdão das dívidas à Grécia significaria que Portugal perderia mais de um milhar de milhões de euros, que emprestou à Grécia. Portugal e os vários países com problemas de dívidas seriam injustamente tratados se não fossem também contemplados e não recebessem subvenções especiais para investimentos como terá de acontecer com a Grécia no caso de ela não abandonar o euro.
A opção do uso da dracma a nível interno, e do euro a nível externo, beneficiaria a Grécia mas prejudicaria a concorrência entre os países da zona euro com economias fracas. Esperemos que os nossos políticos não se limitem a fazer cara bonita mas que consigam benefícios também para os investimentos em Portugal.
Devido ao contencioso da ocupação do Chipre pela Turquia, a Grécia poderá estar mais interessada em jogar a cartada russa (Ucrânia) virando-se também para a Rússia. Dado a Turquia ser membro da NATO o novo governo poderá criar bastantes dores de cabeça à União Europeia. A UE tem muito que digerir! A Rússia é demasiado importante também para a EU e terá de ser tomada mais a sério.
António da Cunha Duarte Justo
www.antonio-justo.eu

Social:
Pin Share

Social:

Publicado por

António da Cunha Duarte Justo

Actividades jornalísticas em foque: análise social, ética, política e religiosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.