CITAÇÕES ESCOLHIDAS – EM PORTUGUÊS E EM ALEMÃO

 

1 – “Há montanhas que tens de atravessar, senão o caminho não pode ir mais longe.” Ludwig Thoma

„Es gibt Berge, über die man hinübermuss, sonst geht der weg nicht weiter.“ Ludwig Thoma

2 -“Em cada começo habita uma magia que nos protege e nos ajuda a viver!” Hermann Hesse.

Jedem Anfang wohnt ein Zauber inne, der uns beschützt und der uns hilft, zu leben!“ Hermann Hesse.

3 – “Bonito é propriamente tudo o que é visto com amor.” Christian Morgenstern.

„Schön ist eigentlich alles, was man mit liebe betrachtet.“ Christian Morgenstern.

4– “Não gastes o teu tempo à procura de um obstáculo, pode não haver nenhum.” Franz Kafka

„Verbringe die Zeit nicht mit der Suche nach einem Hindernis, vielleicht ist keins da.“ Franz Kafka

5 – “Aprender sem pensar é fútil: pensar sem aprender é perigoso.” Confúcio

„Lernen ohne zu denken, ist eitel: denken, ohne zu lernen, ist gefährlich.“ Konfuzius

6 –  “Só se pode ver bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos.” Antoine Saint-Exupéry

„Man sieht nur mit dem Herzen gut. Das wesentliche ist für die Augen unsichtbar.“ Antoine Saint-Exupéry

7 – “Não é preciso temer-se nada na vida, só se tem de compreender tudo.” Marie Curie

„Man braucht nichts im Leben zu fürchten, man muss nur alles verstehen.“ Marie Curie

8 – “É mais difícil destruir uma opinião preconcebida do que um átomo.” Albert Einstein

„Es ist schwieriger eine vorgefasste Meinung zu zertrümmern als ein Atom.“ Albert Einstein

9 – “Aceita as pessoas como elas são, não há outras.” Konrad Adenauer

„Nehmen Sie die Menschen, wie sie sind, andere gibt es nicht.“ Konrad Adenauer

10 – “Primeiro faz o que é necessário, depois faz o que é possível, e de repente realizas o impossível.” Francisco de Assis

„Tu erst das Notwendige, dann das mögliche, und plötzlich schaffst du das Unmögliche.“ Franz von Assisi

11– “A mediania dá ao mundo a sua existência, o extraordinário o seu valor.” Oscar Wilde

„Das Durchschnittliche gibt der Welt ihrem Bestand, das Außergewöhnliche ihren Wert.“ Oscar Wilde

12– “O hábito é uma corda. Nós tecemos cada dia um fio, e, por fim, não podemos mais quebrá-lo.” Thomas Mann

„Die Gewohnheit ist ein Seil. Wir weben jeden Tag einen Faden, und schließlich können wir es nicht mehr zerreißen.“ Thomas Mann

13– “Cuida bem do teu corpo. É o único lugar onde tens de viver.” Jim Rohn

„Soge dich gut um deinen Körper. Es ist der einzige Ort, den du zum Leben hast.” Jim Rohn

14– “O mundo está cheio de enigmas, mas para estes enigmas o homem é a solução.” Joseph Beuys

„Die Welt ist voller Rätsel, für diese Rätsel aber ist der Mensch die Lösung.“ Joseph Beuys

15–“Uma nova verdade não é mais prejudicial do que um velho erro”, Johann Wolfgang von Goethe

„Eine neue Wahrheit ist nichts schädlicher als ein alter Irrtum,“ Johann Wolfgang von Goethe

16– “Devemos cultivar as nossas qualidades, não as nossas particularidades.” Johann Wolfgang von Goethe

„Unsere Eigenschaften müssen wir kultivieren, nicht unsere Eigenheiten.“ Johann Wolfgang von Goethe

17– “A felicidade na vida depende dos bons pensamentos que tens.” Marc Aurelius

„Das Glück im Leben hängt von den guten Gedanken ab, die man hat.“ Marc Aurel

18– “Um diamante só brilha quando é lapidado.” Zakhar Bron

„Ein Diamant leuchtet nur, wenn er geschliffen ist.“ Zakhar Bron

19– “Todo o sucesso tem o seu segredo, todo o fracasso tem as suas razões.” Joachim Kaiser

“Alles Gelingen hat sein Geheimnis, alles Misslingen seine Gründe.“ Joachim Kaiser

20— “Na verdade, a arte reflecte o espectador, não a vida.” Oscar Wilde

„In Wahrheit spiegelt die Kunst den Betrachter, nicht das Leben.“ Oscar Wilde

21– “Não importa o tamnaho do primeiro passo, mas sim em que direcção ele vai.”

Autor desconhecido.

“Es ist nicht wichtig, wie Groß der erste schritt ist, sondern in welcher richtung er geht”

Autor unbekannt.

22– “Aprender é como remar contra a corrente. Assim que paras, voltas para trás.” Benjamin Britten

“Lernen ist wie Rudern gegen den Strom. Sobald man aufhört, treibt man zurück.“ Benjamin Britten

23– “Dá a cada dia uma oportunidade de ser o dia mais bonito da tua vida.” Mark Twain

„Gib jedem Tag die Chance, der schönste deines Lebens zu werden.“ Mark Twain

24– “A fantasia é mais importante que o saber, o conhecimento é limitado.” Albert Einstein

“Phantasie ist wichtiger als Wissen, den Wissen ist begrenzt.” Albert Einstein

25– “Ainda não caiu nenhum mestre do céu.” Ovídio

„Es ist noch kein Meister vom Himmel gefallen.“ Ovid

26– “Todos os dias em que não sorris são dias perdidos.” Charl Chaplin

„Jeder Tag, an dem du nicht lächelst, ist ein verlorener Tag.“ Charl Chaplin

27– “Só conheces os teus limites quando tiveres crescido para além deles.” Autor desconhecido

 

“Du kennst deine Grenzen erst, wenn du über sie hinausgewachsen bist”. Autor unbekannt

 

28– “Dar cada dia mais um passo em frente pode também ser um bom objectivo.” Autor desconhecido

 

“Jeden Tag einen Schritt weiter zu gehen, kann auch ein scönes Ziel sein”. Autor unbekannt

 

29– “Uma guitarra sozinha não faz um Jimi Hendix”! Autor desconhecido

 

“Eine Gitarre allein macht noch keinen Jimi Hendix”! Autor unbekannt

 

 

30– “Não acredito em milagres. Já vi muitos deles.” Oscar Wilde

 

“Ich glaube nicht an Wunder. Ich habe davon zu viele gesehen.” Oscar Wilde

 

 

31– “As fronteiras da linguagem são as fronteiras do mundo.” Ludwig Wittgenstein

 

“Die Grenzen der Sprache sind die Grenzen der Welt.” Ludwig Wittgenstein

 

32– “Até é possível que eu tenha dito isso. Mas quando eu disse isso, não quis dizer isso nesse sentido. O que me interessa a minha bisbilhotice de ontem? Konrad Adenauer

 

“Es ist sogar möglich, dass ich das gesagt habe. Aber wenn ich das gesagt habe, dann habe es nicht so gemeint. Was interessiert mich mein Geschwätz von gestern.” Konrad Adenauer

 

 

33– “É difícil agradar à verdade e às pessoas ao mesmo tempo.” Thomas Mann

 

“Es ist schwer, es zugleich der Wahrheit und den Leuten  recht zu machen.” Thomas Mann

 

34– “Diz-me, e eu esqueço-me. Mostra-mo e eu lembro-me. Deixa-me fazê-lo e eu mantenho-o.” Confúcio

 

 

 

“Sage es mir, und ich vergesse es. Zeige es mir, und ich erinnere mich. Lass mich es tun, und ich behalte es.” Konfuzius

Traduzido do alemão para português, por António da Cunha Duarte Justo

In Pegadas do tempo

Social:

USO OU ABUSO DA LINGUAGEM?

O nosso espírito do tempo tem vergonha de usar algumas palavras antigas de expressão mais conotativa e direta; por isso prefere empregar, agora, uma linguagem mais voltada para a camuflagem.

Não me refiro aqui à linguagem informal ortográfica, um pouco embaraçada, reduzida, sem pontuações nem concordância, que se vai usando nos nossos espaços de comunicação virtual! Falo do amaciamento de palavras designadoras de profissões que eram demasiadamente conotadas pela situação considerada pela sociedade como menos nobre, ou por atividades que continuam, mas que hoje é preciso pegar com luvas brancas para as afidalgar. Talvez também para descarregar a consciência de uma classe fina a que todos queremos pertencer!

 

Esta necessidade de mudar o nome a profissões precárias, também poderia ser tomada como uma intrujice camuflada, apenas uma toalha para limpar o rosto.

 

Em vez de criarmos palavras eufemistas para profissões desfavorecidas pelo sistema vigente, porque não lhes conferir ordenados de ministro e então teríamos solucionado o problema da tal descriminação transmitida pela linguagem?

 

A propósito, na sociedade romana antiga, ministro era o servidor! Há evoluções difíceis de entender!

 

Certamente surgiriam outros problemas, mas não o da discriminação relegada também para as palavras.

Por outro lado, substituindo as palavras velhas por novas já não se gasta muito nos detergentes!

A respeito disto coloco aqui o texto “A nova Língua Portuguesa” que, sem detergentes, circulava há 10 anos, na Internet e que vim a saber ser de Helena Sacadura Cabral:

A NOVA LÍNGUA PORTUGUESA

“Desde que os americanos se lembraram de começar a chamar aos pretos ‘afro-americanos’, com vista a acabar com as raças por via gramatical – isto tem sido um fartote pegado!

As criadas dos anos 70 passaram a ‘empregadas domésticas’ e preparam-se agora para receber menção de ‘auxiliares de apoio doméstico’.

De igual modo, extinguiram-se nas escolas os ‘contínuos”; estes passaram todos a ‘auxiliares da acção educativa’.

Os vendedores de medicamentos, com alguma prosápia, tratam-se por ‘delegados de informação médica’.

E pelo mesmo processo transmudaram-se os caixeiros-viajantes em ‘técnicos de vendas’.

O aborto efeminou-se em ‘interrupção voluntária da gravidez’;

Os gangs étnicos são ‘grupos de jovens’

Os operários fizeram-se de repente ‘colaboradores’;

As fábricas, essas, vistas de dentro são ‘unidades produtivas ‘e vistas da estranja são ‘centros de decisão nacionais’.

O analfabetismo desapareceu da crosta portuguesa, cedendo o passo à ‘iliteracia’ galopante.

Desapareceram dos comboios as 1.ª e 2.ª classes, para não ferir a  suscetibilidade social das massas hierarquizadas, mas por imperscrutáveis necessidades de tesouraria continuam a cobrar-se preços distintos nas classes ‘Conforto’ e ‘Turística’.

A Ágata, rainha do pimba, cantava chorosa: «Sou mãe solteira…» ; agora, se quiser acompanhar os novos tempos, deve alterar a letra da pungente melodia: «Tenho uma família monoparental…» – eis o novo verso da cançoneta, se quiser fazer jus à modernidade impante.

Aquietadas pela televisão, já se não veem por aí aos pinotes crianças irrequietas e «terroristas»; diz-se modernamente que têm um ‘comportamento disfuncional hiperactivo’

Do mesmo modo, e para felicidade dos ‘encarregados de educação’, os brilhantes programas escolares extinguiram os alunos cábulas; tais estudantes serão, quando muito, ‘crianças de desenvolvimento instável’.

Ainda há cegos, infelizmente. Mas como a palavra fosse considerada desagradável e até aviltante, quem não vê é considerado ‘invisual’. (O termo é gramaticalmente impróprio, como impróprio seria chamar inauditivos aos surdos – mas o ‘politicamente correcto’ marimba-se para as regras gramaticais…)

As putas passaram a ser ‘senhoras de alterne’.

Para compor o ramalhete e se darem ares, as gentes cultas da praça desbocam-se em ‘implementações’, ‘posturas pró-activas’,’políticas fracturantes’ e outros barbarismos da linguagem.

E assim linguajamos o Português, vagueando perdidos entre a «correcção política» e o novo-riquismo linguístico.

Estamos lixados com este ‘novo português’; não admira que o pessoal tenha cada vez mais esgotamentos e stress. Já não se diz o que se pensa, tem de se pensar o que se diz de forma  ‘politicamente correcta’.”

Fora de ironias! É certo que importa não nos perdermos na semântica nem nos factores contextuais, mas também teremos de compreender que, como vivemos num mundo cada vez mais aldeia, precisamos de um ajustamento das designações profissionais a nível internacional e de organizações internacionais!…. No link indicado na nota (1) pode encontrar-se todas as designações para as mais diversificadas profissões.

António da Cunha Duarte Justo

“Pegadas do Tempo”

(1) http://azores.gov.pt/NR/rdonlyres/2750F07D-9748-438F-BA47-7AA1F8C3D794/0/CPP2010.pdf

 

Social:

AS MULHERES E OS HOMENS MAIS COMPRIDOS DO MUNDO

Holandeses 1,83 m  e letonesas 1,70 m – Mais curtos: Timorenses 1,60 m e  guatemaltecas 1,50 metros

Segundo um estudo feito por 800 cientistas do Imperial College em Londres (1) sobre o desenvolvimento da altura das pessoas adultas nos últimos 100 anos, os homens mais altos, na média, são os holandeses com 1,83 metros (Tamanho 1914: 1.694 metros Tamanho 2014: 1.825 metros). As mulheres mais altas são as da Letónia com 1,70 metros (Tamanho 1914: 1.555 metros. Tamanho 2014: 1.698 metros).

Em 10° lugar encontram-se os homens da República Checa com um tamanho de 1.801 metros (Tamanho 1914: 1.680 metros; Tamanho 2014: 1.801 metros) e as mulheres da Ucrânia com1.659 metros (Tamanho 1914: 1.540 metros; Tamanho 2014: 1.659 metros).

Atualmente os homens mais pequenos viviam em Timor-Leste em 2014 (1,60 metros), as mulheres mais pequenas em Guatemala (1,49 metros).

Quem mais cresceu, nos últimos 100 anos, em proporção, foram os iranianos e as sul-coreanas (2). Enquanto os iranianos são hoje, em média, 20,2 centímetros mais altos do que há 100 anos, as mulheres sul-coreanas cresceram 16,5 centímetros.

Também o facto de os holandeses terem crescido bastante em relação aos europeus é explicado por cientistas que isso se deverá ao facto de os holandeses casarem mais tarde. É possível que ter filhos tardios influencie a altura da criança.

António da Cunha Duarte Justo

Pegadas do Tempo

Social:

A IGREJA CATÓLICA É A MAIOR INSTITUIÇÃO BENFAZEJA DA HUMANIDADE

Ao Serviço de todo o Humano sem ter em conta Raça ou Ideologia

António Justo

A Agência Ecclesia noticia que a população católica mundial passou de 1 bilhão e 196 milhões no ano de 2010 para 1 bilhão e 313 milhões no final de 2017. A Europa conta com cerca de 22% da população católica mundial. O número de clérigos no mundo é” igual a 466.634, com 5353 bispos (3.992 diocesanos e 1.245 religiosos), 415.792 sacerdotes (281.297 diocesanos e 134.495 religiosos) e 46.312 diáconos permanentes (43.954diocesanos e 612 religiosos”. Religiosas (freiras): 682.729; Religiosos não sacerdotes: 54.559; Missionários leigos: 368.520. Seminaristas menores: 78.489 diocesanos e 24.453 religiosos; Seminaristas maiores:  116.939 diocesanos e religiosos; Catequistas: 3.264.768.

Estações missionárias com sacerdote residente: 1.864; Estações missionárias sem sacerdote residente: 136.572; Institutos seculares masculinos: 654; Institutos seculares femininos: 24.198.

Segundo as Estatísticas do Vaticano (1) a Igreja administra no mundo 5.158 hospitais;” 73.580 escolas maternais, frequentadas por 7.043.634 crianças; 96.283 escolas de ensino fundamental com 33.516.860 alunos; 46.339 institutos de educação secundária, com 19.760.924 estudantes. Acompanha ainda 2.477.636 alunos de escolas superiores e 2.719.643 estudantes universitários”.

Os institutos de beneficência administrados pela Igreja encontram-se na “ maioria na América (1.501) e na África (1.221); administra 16.523 postos de saúde, grande parte deles na África (5.230), América (4.667) e Ásia (3.584); 612 leprosários distribuídos principalmente na Ásia (313) e África (174); 15.679 casas para idosos, doentes crônicos e pessoas com deficiência, em maioria na Europa (8.304) e América (3.726); 9.492 orfanatos, a maioria na Ásia (3.859); 12.637 jardins de infância, e o maior número deles está na Ásia (3.422) e América (3.477); 14.576 consultórios matrimoniais, a maioria na Europa (5.670) e América (5.634); 3.782 centros de educação ou reeducação social e 37.601 instituições de outros tipos”.

Voltaire, que era inimigo da Igreja, referindo-se às irmãs católicas da França (“Santas Casas de Misericórdia” que foram fundadas pela Igreja em todo o mundo), dizia: “talvez não haja nada maior na terra do que o sacrifício da juventude e da beleza, realizado pelo sexo feminino para trabalhar nos hospitais para aliviar a miséria humana”.

A caridade ensinada por Cristo, de caracter universal, porque independente de profissão política ou religiosa, foi “algo novo” no mundo antigo e torna-se algo combatido no mundo pós-moderno… Tenho muitos colegas religiosos que, renunciando a enriquecer como eu, dedicam a sua vida inteira ao serviço dos pobres e à promoção do bem e do saber em meios que se não fossem eles viriam o  seu  progredir adiado por muito tempo.  São testemunhos do altruísmo num mundo que os ignora ou despreza porque o negócio desse mundo extremamente secularizado se tornou prisioneiro do egoísmo e da ideologia.

A Igreja benfazeja existe mas ninguém fala do bem dela porque é combatida pelo marxismo cultural que tomou conta do zeitgeist que se procura definir como oportuna crença em nome do superego e da emancipação que se quer, não ao serviço da autonomia e da comunidade humana, mas apenas ao serviço do “pensar politicamente correcto”  criado pelo sistema europeu de ideologia secular materialista e que se arroga o direito de supervisionar a opinião pública e de colonizar culturalmente outros povos sob o pretexto de progresso.

O cristianismo, como Igreja cristã, é certamente “a maior e mais alta forma de organização do espírito humano que existiu até hoje”, reconhecia já o filósofo e psiquiatra Karl Jaspers. É, de facto, a mais antiga instituição da humanidade! Hoje há organizações e filosofias (sobretudo marxistas) que querem varrer com a Igreja (porque como instituição possibilita a sustentabilidade do cristianismo na História) porque a consideram um empecilho ao seu intento de implementar na humanidade uma cultura materialista em que o indivíduo se torne mero objecto da História, simples sujeito/cliente, ao contrário do cristianismo que considera a pessoa humana como soberana e divina!

Geralmente, os Media, seguindo o zeitgeist do marxismo cultural, não gostam de falar da Igreja e se o fazem viram os seus holofotes apenas para o que corre mal. Como consciência da humanidade ela incomoda quem se quer orientar pelo capital e por ideologias materialistas; para estas o modelo é o socialismo-capitalista chinês.

António da Cunha Duarte Justo

In “Pegadas do Tempo”

 

Social:

MULHERES TRATADAS COMO “ANIMAIS DE CAÇA EM PISCINAS”

A revista feminina alemã EMMA, descreve vários delitos de ataques a mulheres nas piscinas públicas.

“Assediadas, insultadas, agarradas: As mulheres tornam-se num jogo de animais de caça nas piscinas exteriores. Os perpetradores? A grande maioria são migrantes… De acordo com as estatísticas, a força policial da Renânia do Norte-Vestefália identifica os perpetradores como “jovens de origem norte-africana, árabe e turca”.

A revista, embora seja de esquerda,  não esconde a problemática: “Há muito tempo que os políticos e os meios de comunicação social não chamam o problema pelo nome, por medo da acusação de racismo. Mas isso só piora as coisas.”

São intoleráveis estes ataques nas piscinas que deveriam ser lugar de relaxamento saudável.

EMMA: https://www.emma.de/artikel/frauen-freiwild-im-schwimmbad-336983?fbclid=IwAR3HNETrv8Pf91cBy4HTDyyof6C-qWGTYBNjjcwOY8AK4wsmEs3RwUMMTXc

António da Cunha Duarte Justo

Pegadas do Tempo

Social: