O “DIA DOS REIS MAGOS” PÔS EM ACÇÃO 500.000 CRIANÇAS E JOVENS NA ALEMANA

A tradição dos “Cantores da Estrela” (Sternsinger) faz parte do Património cultural imaterial da Alemanha e mantem viva a Simbologia dos Reis magos

Na época natalícia até à Festa da Epifania, 6 de janeiro, mais de 500.000 crianças e jovens (acólitos católicos) vestidos à maneira dos Três Reis Magos vão de casa em casa com uma estrela na mão e cantam uma música ou recitam um poema, à porta das casas e dizemDeus abençoe esta casa” (em latimChristus Mansionem Benedicat”). Com um giz abençoado escrevem na porta da entrada ou na sua moldura a tradicional bênção “C+M+B” (abreviatura do latim que também recorda os reis magos “Caspar, Melchior et Baltassar”) a que acrescentam o ano; assim é natural ver-se em muitas casas alemãs a inscrição 20C+M+B23.  A  bênção pode ser feita com inscrição a giz na porta ou com um adesivo de bênção (1).

Segundo a tradição natalícia os três reis trouxeram como presentes ouro, incenso e mirra! Por trás destas ofertas esconde-se uma simbologia rica e que chegou a ter diferentes interpretações ao longo da História. A nível teológico ouro, incenso e mirra estão para a afirmação da tríplice dignidade de Cristo como Deus, Rei e Médico (salvador) ou como símbolos de morte, ressurreição e redenção e também como símbolo do poder sobre a morte e da cura. Na oferta do ouro os reis reconhecem a realeza de Jesus; o ouro sempre foi usado para glorificar reis e deuses. Por seu lado as resinas “incenso” e “mirra”(originárias da Península arábica e da Etiópia e também queimadas como incenso) eram usadas como desinfetantes do meio ambiente e para embalsamento e na medicina em geral. Usavam-se também como meios de relaxamento da mente e do corpo e como promotoras da meditação e da purificação. A iconografia religiosa consagrou assim Balthasar como sendo africano. Na paixão de Cristo é misturada mirra com vinho para lhe aliviar as dores e Nicodemos utiliza a mirra para envolver o corpo de Jesus depois de morto.

A tradição alemã é muito oportuna e rica. As crianças são mensageiras da bênção de Deus sendo ao mesmo tempo expressão de uma consciência social e comunitária; elas recolhem, em contrapartida dádivas para crianças mais necessitadas no mundo; com o produto da colecta são financiados 1.300 projetos de ajuda a crianças em todo o mundo! A campanha Cantores da Estrela 2023 tem o lema “Fortaleça as crianças, proteja as crianças – na Indonésia e no mundo”. Em 2022, apesar das restrições Corona, os „Cantores da Estrela” arrecadaram mais de 38,56 milhões de euros em donativos. Em 2005 tinham recolhido 47 milhões de euros.

Os três magos são vistos como símbolos dos povos do mundo e a tradição é ancorada na menção dos sábios ou astrólogos em Mateus 2:1. Já no século VIII segundo o venerável Bede os três reis simbolizavam os três continentes então conhecidos (Ásia, Europa e África).

Esta é uma tradição rica digna de ser propagada pelos párocos também em Portugal porque fala ao coração e é uma oportunidade para também os jovens, a seu modo, levarem a mensagem cristã aos lares (e de uma maneira simbólica e lúdica que se espera não venha a ser apagada por uma razão desértica). Tais tradições são expressão de riqueza cultural e um meio moderno de se fomentar o convívio fraterno.

Na Alemanha, a tradição está muito viva e é referida nos noticiários e o próprio presidente da república e o primeiro ministro abrem as portas da sua residência para receberem os reis magos. Em 2015, esta tradição foi incluída na lista de património cultural imaterial da Alemanha (2).

Em Portugal é tradição grupos de pessoas juntarem-se e cantarem músicas pelas ruas anunciando o nascimento de Jesus e desejando um feliz ano novo (3).

No céu estrelado uma estrela mais forte brilhava para todos, para todos ela cintilava no céu de Belém.

No silêncio da noite há sempre uma estrela que brilha no céu e no interior de cada um.

Em nota (4) a bênção das casas no ritual romano.

António da Cunha Duarte Justo

Pegadas do Tempo

(1) Os Sternsinger “Cantores da Estrela” ou “Cantores de Natal”, como são chamados na Alemanha, são enviados pela respectiva paróquia e levam as bênçãos de casa em casa. Em áreas com menos católicos, apenas aqueles que encomendam os “Cantores da Estrela” recebem a visita deles. Com o coração batendo forte, as crianças (reis magos) recitam seus ditos um após o outro e depois cantam “Estrela sobre Belém”. Outras crianças acompanham os três reis na trajecto de bênção.

(2)  https://dewiki.de/Lexikon/Sternsinger e https://www.google.com/search?client=firefox-b-d&q=Dreik%C3%B6nigstradition+in+Deutschland+-

(3) https://pt.wikipedia.org/wiki/Janeiras Tradições do Reis Magos em Portugal:

http://www.youtube.com/watch?v=PT5OFQCHoMQ  ; http://www.youtube.com/watch?v=PHp4d5_n2cc ;

http://www.youtube.com/watch?v=DdJM3IEvttQ

(4) BENÇÃO DAS CASAS NO RITUA ROMANO:
Ex Rituale Romanum – Benedictio domorum  – In Festo Epiphaniae

V. Pax huic dómui.
R. Et omnibus habitántibus in ea.

Antiphona. Ab Oriénte venérunt Magi in Béthlehem, adoráre Dóminum: et, apertis thesáuris suis, pretiósa múnera obtulérunt, auri Regi magno, thus Deo vero, myrrham sepultúrae ejus. Alleluja.

Canticum Beatae Mariae Virginis

Magnificat * anima mea Dominum ;
Et exsultavit spiritus meus * in Deo salutari meo.
Quia respexit humilitatem ancillae suae: * ecce enim ex hoc beatam me dicent omnes generationes.
Quia fecit mihi magna qui potens est: * et sanctum nomen ejus,
et misericordia ejus a progenie in progenies * timentibus eum.
Fecit potentiam in brachio suo, * dispersit superbos mente cordis sui,
deposuit potentes de sede, * et exaltavit humiles,
esurientes implevit bonis, * et divites dimisit inanes.
Suscepit Israel puerum suum, * recordatus misericordiae suae,
sicut locutus est ad patres nostros, * Abraham et semini ejus in saecula.
Gloria Patri, et Filio, * et Spíritui Sancto.
Sixut erat in principio, et nunc et semper, * et in saecula saeculorum. Amen.

Interea aspergitur et incensatur domus, et in fine repetitur Antiphona : Ab Oriénte venérunt, etc.

Pater noster secreto usque ad

V. Et ne nos indúcas in tentatiónem.
R. Sed líbera nos a malo.
V. Omnes de Saba vénient.
R. Aurum et thus deferéntes.
V. Dómine, exáudi oratiónem meam.
R. Et clamor meus ad te véniat.
V. Dóminus vobiscum.
R. Et cum spíritu tuo.

Oratio

Orémus. Deus qui hodiérna die Unigénitum tuum géntibus stella duce revelásti concéde propítius ut qui iam Te ex fide cognóvimus usque ad contemplándam spéciem tuae celsitúdinis perducámur. Per eúmdem Dóminum nostrum Jesum Christum, qui tecum vivit et regnat in unitáte Spíritu Sancti Deus per ómnia saécula saeculórum. R. Amen.

Responsorium. Illumináre, illumináre, Jerúsalem, quia vénit lux tua : et glória Dómini super te orta est, Jesus Christus ex María Vírgine.

V. Et ambulábunt Gentes in lúmine tuo : et reges in splendóre ortus tui.
R. Et glória Dómini super te orta est.

Oratio

Oremus. Béne+dic, Dómine, Deus omnípotens, locum istum (vel domum istam) : ut sit in eo (ea) sánitas, cástitas, victóriae virtus, humílitas, bónitas et mansuetúdo, plenitúdo legis et gratiárum áctio Deo Patri, et Fílio, et Spíritui Sancto ; et haec benedíctio máneat super hunc locum (vel hanc domum), et super habitántes in eo (ea). Per Christum Dóminum nostrum. R. Amen.

 

A PIEDADE POPULAR: https://www.academia.edu/27724077/A_PIEDADE_POPULAR_E_A_LITURGIA_A_PARTIR_DAS_NOVAS_DIRETRIZES_DA_IGREJA_NO_BRASIL  e também de interesse: Dicastério para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos: https://www.vatican.va/roman_curia/congregations/ccdds/index_po.htm

Social:
Pin Share

Social:

Publicado por

António da Cunha Duarte Justo

Actividades jornalísticas em foque: análise social, ética, política e religiosa

23 comentários em “O “DIA DOS REIS MAGOS” PÔS EM ACÇÃO 500.000 CRIANÇAS E JOVENS NA ALEMANA”

  1. Boa tarde Sr . Antonio Justo . Interessante história que é tradição na Alemanha . É pena que aqui em Portugal as ofertas que os que andam a cantar os reis recebem não tenham o mesmo destino ! Ajuda aos mais desprotegidos ! Obrigada pela partilha ! Bom resto de domingo !!

  2. Adelaide Costa Costa , obrigado. Esta tradição alemã poderia tornar-se numa oportunidade para párocos e pessoas empenhadas nas paróquias espalharem este hábito. Poderia ser organizada a iniciativa no sentido de recolher dinheiros para iniciativas de fomento das crianças carentes nas antigas colónias/províncias portuguesas.

  3. Tradição linda cujos reais efeitos positivos podem ser conhecidos.
    Se os valores que os três Reis Magos ofereceram a Jesus em Belém se espalhassem por toda Terra (o ouro, símbolo de sabedoria universal; o incenso, símbolo da fé; a mirra símbolo da pureza), seríamos todos mais felizes. Parece que o brilho da Estrela de Belém não chegou a todos os cantos da Terra.

  4. Mafalda Freitas Pereira ,muito obrigado por ter apontado também para esta interpretação da simbologia em torno dos Reis Magos. Há várias. Uma delas é a sua correspondência às três virtudes teologais: fé, esperança e caridade, oferecendo assim a tradição natalícia uma oportunidade para se reviver e meditar sobre as virtudes e a doutrina cristã.
    Segundo a tradição natalícia os três reis trouxeram como presentes ouro, incenso e mirra! Por trás destas ofertas esconde-se uma simbologia rica e que chegou a ter diferentes interpretações ao longo da História. A nível teológico ouro, incenso e mirra estão para a afirmação da tríplice dignidade de Cristo como Deus, Rei e Médico (salvador) ou como símbolos de morte, ressurreição e redenção e também como símbolo do poder sobre a morte e da cura. Na oferta do ouro os reis reconhecem a realeza de Jesus; o ouro sempre foi usado para glorificar reis e deuses. Por seu lado as resinas “incenso” e “mirra”(originárias da Península arábica e da Etiópia e também queimadas como insenso) eram usadas como desinfectantes do meio ambiente e para embalsamento e na medicina em geral. Usavam-se também como meios de relaxamento da mente e do corpo e como promotoras da meditação e da purificação. A iconografia religiosa consagrou assim Balthasar como sendo africano. Na paixão de Cristo é misturada mirra com vinho para lhe aliviar as dores e Nicodemos utiliza a mirra para envolver o corpo de Jesus.

  5. Lindo! Ignoramos tantas tradições de raízes cristãs espalhadas por esta Europa e que deveriam ser incutidas nas crianças dos dias de hoje.
    Feliz Ano e escreva, escreva escreva…

  6. António Frazão , é verdade mas de uma maneira geral mais no sentido da tradição do deus romano Janus! Seria bom que os cristãos (párocos e pessoas mais envolvidas na paróquie) se aproveitassem da tradição dos Reis Magos para envolverem os jovens no sentido de tornarem públicas tradições muito ricas em simbologia e por outro lado acharem como natural expressar a própria fé em público.

  7. António Cunha Duarte Justo, inteiramente de acordo ! Aqui em São João da Madeira andaram as professoras com os alunos a cantar os reis ! Sei que a população gosta desta tradição e colaboram monetariamente na medida das suas possibilidades , dum modo particular os empresários ! Gostaria que na minha terra ( Arouca ) também continuasse essa tradição antiga !!

  8. Adelaide Costa Costa, seria realmente importante que fosse tomada a iniciativa, a nível nacional, para que todos os anos fosse determinada o principal núcleo de jovens necessitados a ter em conta cada ano. Sendo uma acção a nível nacional seria mais fácil elaborarem-se projectos comuns de solidariedade para com os países de língua portuguesa. Naturalmente que já há paróquias principalmente sob o pastoreio de congregações religiosas que já fazem isso. Se na nossa terra Arouca ainda não houver tal tradição coordenada seria tempo de o fazer. Para isso cada pessoa deve ter a iniciativa de sugerir tal nas paróquias, etc.. Eu coloquei este artigo na página da “paróquia de Arouca”.

  9. Muito bonita essa tradição além de ter essa conotação de ajuda social a crianças carentes.Grande exemplo para todos os países.
    In Forum Elos

  10. Caríssimo Justo
    Gostei muito que tenhas mencionado a linda tradição dos Reis Magos e fiquei surpreendida que tenham sido cerca de 500 000 jovens. É algo muito positivo
    porque juntam dinheiro para 1300 projetos solidários. Parabéns aos alemães por esta atividade ter entrado no Património cultural imaterial da Alemanha!

  11. Gosto muito do que escreve e a sua escrita me ajuda na compreensão de muitos problemas. Já guardei seu link que irei visitar assiduamente.

  12. Foi como cá, só que, os roubos têm sido tantos, que as crianças não saíram à rua, está tudo roto sem dinheiro para as contentar!

  13. António Cunha Duarte Justo, não é em relação ao pode ou não, refiro-me irem cantar as janeiras e poucos ou muito poucos lhes dão o que estão habituados, por falta de disponibilidade, pois, tudo lhe sugam em impostos!

  14. António Cunha Duarte Justo, se realmente for para países pobres acho muito bem. O pior é se à desvios!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *