UM AGRADECIMENTO AOS ALEMÃES E UMA PROPOSTA

 

Depois das missões de ajuda em Itália, França e República Checa, a Bundeswehr iniciou missão de solidariedade com Portugal a 03.02.2021. A equipa de socorro veio para ficar três semanas em Lisboa.

Uma equipa de 26 soldados médicos e paramédicos da Bundeswehr foram recebidos em Lisboa pelo Ministro da Defesa, pela Ministra da Saúde e pelo embaixador alemão em Portugal e irão trabalhar no prestigioso hospital privado da Luz. Nele serão recebidas pessoas da urgência do SNS.

Como referem fontes alemãs, além do pessoal médico chegaram a bordo do avião da Força Aérea alemã numerosos dispositivos médicos e produtos médicos, incluindo 40 respiradores móveis e dez fixos, e os consumíveis necessários, além de  150 dispositivos de infusão e 150 camas hospitalares (https://www.dw.com/de/bundeswehr-startet-corona-hilfe-f%C3%BCr-portugal/a-56441208).

De facto, em Portugal “os hospitais estão a transbordar e as capacidades dos cuidados intensivos estão no limite das suas possibilidades e para além delas”. Daí a necessidade de ajuda.

Os alemães são eficientes na ajuda que, de momento, prestam a Portugal!

Li num cartaz: ” “CAROS ALEMÃES; QUERO AGRADECER O ENVIO DOS MÉDICOS POIS ESTAMOS MESMO A PRECISAR. DEPOIS DISSO, ACHAM QUE DÁ PARA MANDAR A MERKEL?

Quanto à recomendação expressa no cartaz, talvez ela merecesse ser mais que uma ideia peregrina!

Em tempos de imigração, porque não contratar estrangeiros também para altos postos nacionais?

Pressinto um borborinho de admiração de Norte a Sul e de insatisfação em Lisboa!

O problema é que, nesse caso os nossos emigrantes deixariam de ir para a Suiça e para a Alemanha!!!

António da Cunha Duarte Justo

Pegadas do Tempo

 

Social:

Social:

Publicado por

António da Cunha Duarte Justo

Actividades jornalísticas em foque: análise social, ética, política e religiosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *