Morreu um Marco da Assistência social na Alemanha – José Gomes Rodrigues

Morreu o meu amigo a 14 de Abril 2014 , o José Gomes Rodrigues, de Viseu. É noite em mim, as gralhas baixaram ao povoado, a chuva veio também. Tu partiste nesta noite fria como a brisa leve, sem dizer adeus. No luto o cálice verteu-se e uma parte de nós se esvai; no chão da vida, corro contigo a acenar a amizade aos amigos nas folhas das árvores e na cor das flores. José Rodrigues, um homem, um cristão, um português, um amigo, um homem justo e sem dolo que construía a existência servindo os outros no seu trabalho como assistente social da Caritas em Neuss e como pessoa no trato individual; era um homem solidário e da reconciliação que procurava em cada pessoa o irmão. Ainda tínhamos alguns sonhos a realizar juntos. Sinto-me mais pobre. A comunidade portuguesa na Alemanha ficou mais pobre também. Morreu na altura em que estava a preparar activamente com o Conselho Consultivo do Consulado Geral de Portugal em Düsseldorf, Alemanha, os “50 Anos Comunidade: Entre o cais e o sonho” (“50 anos Comunidade – 50 anos Milionésimo gastarbeiter”), Estava à frente do “Movimento dos Empregados Católicos” da Diocese de Colónia.
Paz à sua alma! Ver mais em https://antonio-justo.eu/?p=2288
António da Cunha Duarte Justo

Social:
Pin Share

Social:

Publicado por

António da Cunha Duarte Justo

Actividades jornalísticas em foque: análise social, ética, política e religiosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *