DIA DE SAO VALENTIM


Dia dos Namorados e Não só… mas também…

A tradição do envio de saudações amorosas no dia 14 de Fevereiro nasceu dum amor na prisão.

O Imperador romano Cláudio II terá mandado prender o padre Valentim no ano 269 pelo facto de ele, contra a lei, fazer casamentos de namorados jovens. Os casamentos tinham sido proibidos pelo imperador que precisava de homens solteiros para a guerra.

Valentim foi condenado à morte. Enquanto se encontrava na prisão os jovens vinham pôr-lhe flores na janela da prisão.

Era visitado na prisão pela filha do chefe da prisão. Das suas visitas o seu amor florescia de dia para dia. Por fim das grades do seu coração, também ela sofria com a vida.

São Valentim foi executado no dia 14 de Fevereiro. Deixou um bilhetinho na prisão para a sua amiga onde se lia “em amor, do teu Valentim”. Assim o dia 14 passou a ser o dia dos namorados.

O amor é como a chuva, cai, jorra e corre por todo o lado!

Como a água fura mesmo a pedra mais dura!

António da Cunha Duarte Justo

Social:
Pin Share

Social:

Publicado por

António da Cunha Duarte Justo

Actividades jornalísticas em foque: análise social, ética, política e religiosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *