O EURO DESVALORIZA-SE EM RELAÇÃO AO DÓLAR

Desde Janeiro, o euro desvalorizou-se em 7,6%.

As razões residem sobretudo na guerra militar Ucrânia e na guerra económica do ocidente contra a Rússia. Devido ao fornecimento de gás, os investidores mundiais estão a divorciar-se do euro. A Rússia reagiu às sanções contra o banco russo decretando que o gás será agora pago em rublos e não em euros ou dólares. Além disso os riscos políticos na Europa sobrecarregam o euro. A economia alemã, que é geralmente a locomotiva da Europa está a ser amortecida.

Para os exportadores europeus, um euro fraco favorece as exportações, mas as importações de mercadorias importantes como o petróleo e outras matérias primas  tornam-se mais caras porque são comercializadas em dólares no mercado mundial.

Em 29.04 a taxa de câmbio do euro era de 1,0540 dólares. Em Janeiro, um euro custou 1,14 dólares.

Deixemo-nos sorpreender com o que vai acontecer com o choque da inflacção e a evolução das taxas de juro!

António da Cunha Duarte Justo

Pegadas do Tempo

Social:
Pin Share

Social:

Publicado por

António da Cunha Duarte Justo

Actividades jornalísticas em foque: análise social, ética, política e religiosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.