OUSA PENSAR!

Selenskyj tem assumido neste conflito (entre Rússia e OTAN) o papel que Fidel Castro assumiu na crise cubana entre USA e União Soviética. Fidel Castro quis convencer Khrushchev a fazer um ataque nuclear surpresa.

Afortunadamente prevaleceu a razão entre Khrushchev e John F. Kennedy, que concordaram num compromisso que evitou uma guerra mundial e uma guerra atómica!

Na crise dos mísseis cubanos, a Rússia e os EUA acordaram secretamente que os navios da URSS seriam recuperados, e após meio ano os EUA removeram os seus mísseis da Turquia, aparentemente argumentando que estavam “tecnicamente obsoletos”.

Felizmente a OTAN ,  Alemanha e França têm manifestado uma certa contenção neste conflito, o que tem impedido uma tragédia para toda a Europa.

O presidente Francês Macron e em parte a Alemanha têm tido uma política razoável em favor da paz preferindo dialogar com Putin do que recorrer a uma intervenção ou maior armamento da Ucrânia, o que Selenskyj tem pretendido, sem consideração por perdas nem se importando com um consequente incêndio atomar em toda a Europa. Macron considera que o envio de mais armas para a Ucrânia tornaria um cessar-fogo ainda mais difícil e só criaria mais alvos para o exército russo.

Os latinos diziam: “Sapere aude”, atreve-te a pensar!

António da Cunha Duarte Justo

Pegadas do Tempo

Social:
Pin Share

Social:

Publicado por

António da Cunha Duarte Justo

Actividades jornalísticas em foque: análise social, ética, política e religiosa

2 comentários em “OUSA PENSAR!”

  1. Castro como Zelensky, são exemplos de políticos medianos; sendo que Castro, além disso, era um ditador sanguinário com um aparelho de propaganda altamente profissional. Tal como Putin, que invadiu a Ucrânia para repor a democracia que recusa ferozmente nos seus domínios. A culpa de todos os males do mundo era, antes como hoje, da serpente, perdão!, dos EUA. Serve, para quem não quer pensar muito. Não, António Cunha Duarte Justo, nisto não estamos de acordo sob nenhum aspecto.

  2. Joaquim Simões , obrigado pela sua declaração. Aqui não se trata de uma profissão de fé por um grupo nem pelo outro e menos ainda da procura da culpa; esta, e salve-se a expressão, “morreu solteira” e segundo o Génesis, o erro e a “culpa” são inerentes ao humano! O facto de eu nos meus textos procurar apresentar outros aspectos de leituras quer apenas dar o sinal que não chega a informação que os media do nosso lado apresentam para se chegar a convicções. Que cada pessoa opte pelo que lhe interessa ou pensa é muito legítimo e bom; apesar de tudo ensina-nos já a Idade Média que é oportuno deixar no pensamento um espaço para a dúvida! Eu tenho dúvida da Maneira como chegou à conclusão que chegou! No texto tencionava motivar as pessoas a olharem com mais atenção para o que o Presidente tem dito e feito na Ucrânia! De resto, se tiver lido alguns dos meus textos saberá que não me deixo levar pelo comunismo e socialismo no que têm de materialismo e de subordinação do Homem a uma estrutura ou instituição! O cristianismo é uma forma de vida que coloca a pessoa humana acima de estados ou de interesses meramente terrenos e eu aposto na pessoa humana soberana independentemente de nacionalidades, confissões ou ideologias políticas. Daí o respeito por toda a pessoa chame-se ela Biden ou Putin! As suas obras são o problema crítico!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *