CRIANÇAS POBRES NA ALEMANHA – DIA MUNDIAL DA CRIANÇA

Segundo a Agência Federal Alemã de Emprego, em Abril deste ano havia 1,67 milhões de crianças dependentes da segurança básica do estado. A quota de crianças necessitadas subiu de 15% em 2012 para 15,7% em 2015. Em relação a 2014 houve um aumento de 23.000. Entre cada seis crianças, do grupo etário dos 0 aos 15 anos, uma precisa de auxílios estatais para poder atingir o mínimo de subsistência.
Crianças com pais pobres sofrem as consequências de uma sociedade que não coloca a criança no centro das suas preocupações.
A pobreza é desigual de uns estados federados para os outros. Enquanto a quota de pobreza atinge em Berlim os 33,5%, em Bremen atinge os 32,9%, em Hamburgo os 21,7% e na Baviera atinge os 7,3% e no Baden Vurtemberga os 8,5%.
António da Cunha Duarte Justo
www.antonio-justo.eu

Social:

Social:

Publicado por

António da Cunha Duarte Justo

Actividades jornalísticas em foque: análise social, ética, política e religiosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *