PRATO VEGETARIANO OBRIGATÓRIO NAS CANTINAS PÚBLICAS PORTUGUESAS

Na Alemanha cerca de 5% da população é vegetariana

Finalmente, na Assembleia da República (3.03) foi aprovada uma lei que obriga à inclusão de um prato vegetariano nos menus das cantinas públicas do Estado. Os clientes passam a ter a possibilidade de escolher um prato sem produtos de origem animal. Esta medida torna-se cada vez mais óbvia. Também em todos os restaurantes de Portugal deveria haver a possibilidade de opção por um prato vegetariano. De facto há muitos portugueses que por razões de saúde ou por princípios éticos procuram, muitas vezes, em vão nos restaurantes um prato vegetariano. Há muitos turistas vegetarianos. Na Alemanha, cerca de 5% da população é vegetariana.

Espera-se que dentro de dois meses o Presidente da República promulgue a lei.

A lei resulta de uma petição de 15.000 pessoas, segundo informa o jornal Público. A lei pressupõe uma grande implementação porque abrange “refeitórios e cantinas de escolas e universidades, hospitais, prisões, lares, autarquias e serviços sociais da administração pública”.

Alimentação vegetariana é mais barata e torna-se numa medida em favor do clima e dos animais.

Quanto às cantinas privadas a lei não constituirá novidade, espera-se.

António da Cunha Duarte Justo

Social:
Pin Share

Social:

Publicado por

António da Cunha Duarte Justo

Actividades jornalísticas em foque: análise social, ética, política e religiosa

5 comentários em “PRATO VEGETARIANO OBRIGATÓRIO NAS CANTINAS PÚBLICAS PORTUGUESAS”

  1. Também há muitos turistas chineses em Portugal e a gente sabe que eles gostam de carne de cão e outros pratos deliciosos. Porque não fazer uma lei para obrigar a terem um prato de cão na ementa?
    Jose Figueiredo
    FB

  2. Os chineses não comem só carne de cão; por isso podem optar por outro prato de carne é apenas uma questão de gosto. Aqui trata-se de uma questão de saúde e de moral. Há uma grande percentagem de pessoas que por pena dos animais e para defenderem o meio ambiente optam por não comer carne, tal como faz a maior parte das pessoas na Índia. Muitos vegetarianos gostam do sabor da carne mas renunciam a comê-la por motivos altoístas. Esta atitude altamente é tica devia ser apreciada em vez de criticada.

  3. Muito Legal ;;!! Achava muito bem que os Restaurantes Portugueses entrem nessa ;!!!
    Mimi Gonçalves
    FB

  4. A afeição pelo cozidinho à portuguesa de que eu também gosto não impede o nosso carinho pelos porquinhos! É uma questão de opção: uns têm carinho pelo cozidinho e outros têm carinho pelos porquinhos! De minha parte tenho carinho pelos dois. Mas confesso a minha fraqueza!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *