HOMEM DE 69 ANOS REQUER EM TRIBUNAL A MUDANÇA DE IDADE PARA 49 ANOS

Em Nome da Discriminação e da Igualdade subornam-se os Direitos humanos

 

António Justo

 

O holandês, Emile Ratelband, alega  em tribunal o direito de ser oficialmente rejuvenescido em 20 anos, nos seus documentos. O tribunal deve passar a sua data de nascimento de 11 de Março 1949  para 11 de Março 1969.

 

Acha-se com direito à diminuição de idade para impedir discriminação e aumentar as chances entre as mulheres e no trabalho, etc.  O pobre argumenta: “…posso ter todas as meninas que quero – mas não depois de lhes ter dito que tenho 69 anos”.

 

Perante o espanto dos juízes, Ratelband fundamentou o seu requerimento dizendo que é “legal” porque “hoje podemos mudar o sexo, mudar a nossa orientação sexual e política. Até temos o direito de mudar o nosso nome”! Assim, parece lógico exigir também o mesmo direito na indicação da idade. O tribunal decidirá dentro de quatro semanas.

 

Num tempo em que os factos já não valem e até a natureza é questionada (a gender extrema!) , isto até parece ser um assunto relevante para o tribunal!

 

Até onde obriga a tolerância, a antidiscriminação, o trato igual e a igualdade de oportunidades!

 

Na era pós-fática até o impossível começa a acontecer.  A excepção não reconhece a regra e a regra deixa de valer! E tudo isto em nome de uma tolerância rasteira que anda por aí a passar rasteiras sem que muitos noteml. Naturalmente, a  tolerância é um pau de dois bicos, mas imperceptível enquanto se não solicitar reciprocidade!

António da Cunha Duarte Justo

Pegadas do Tempo

Social:

Social:

Sobre António da Cunha Duarte Justo

Actividades jornalísticas em foque: análise social, ética, política e religiosa
Esta entrada foi publicada em Cultura, Educação, Política, sociedade. ligação permanente.

8 respostas a HOMEM DE 69 ANOS REQUER EM TRIBUNAL A MUDANÇA DE IDADE PARA 49 ANOS

  1. Jorge Rodrigues diz:

    Pois, tem alguma razão. .
    Jorge Rodrigues

  2. Jorge Valente diz:

    Acho justo !
    Hoje em dia um homem só atinge a sua plena maturidade, depois dos 50 anos, porque é que existe essa descriminação ?
    Que idade tem o Trump ?

    O nosso carismático e cómico presidente ?
    Jorge Valente
    FB

  3. Maturidade aos 50! Não! Os que se casam mais cedo têm oportunidade de a adquirir antes!

  4. José Bernardo Pinho Dias diz:

    Esse direito baseia-se numa falsidade. Tenho a certeza que o tribunal nao lhe ira dar razao.
    José Bernardo Pinho Dias
    FB

  5. Também penso que sim! Talvez será uma maneira de questionar, indirectamente, mudanças de género, etc. Alem do mais tem um efeit de se tornar mais conhecido! E muitos fazem-no, à custa do escândalo ou de outros meios.

  6. José Bernardo Pinho Dias diz:

    Ha gente para tudo. Nao se deve importancia a um individuo destes que, no fundo, ou quer publicidade ou tem problemas de ordem psiquica!
    José Bernardo Pinho Dias

  7. Susana Augusta De Almeida Barbosa diz:

    Há seres humanos, pobres, ou ricos, que nunca estão bem com aquilo que são, nem com aquilo que têm!!
    São uns infelizes portanto…
    Susana Augusta De Almeida Barbosa
    FB

  8. Com esta iniciativa, ele coloca o espelho à frente da nossa sociedade desinibida. Os seus argumentos são concordantes!
    Certamente um registo de idade ou nascimento que não discriminaria seria: intemporal!
    A doença do nosso tempo poderia ser qualificada de narcisismo agudo!
    Hoje, nem a natureza prescreve, tudo se reduz à sociedade em função do ego, como pele de enchouriçar!..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *