Figo: “eu trago uma mala grande”

Figo: “eu trago uma mala grande”
2006-06-28

Luís Figo quando chegou à Alemanha disse:”eu trago uma mala grande”. Chegará até ao dia 9 de Julho, o final do Mundial? Depois da Batalha de Nurenberga” de ontem, há muito a desejar. Quanto a Cristiano Ronaldo o Frankfurter Allgemeine apesar de reconhecer o seu grande talento não deixa de intitular a notícia: ” Cristiano Ronaldo, a estrela jovem de Portugal: seu talento é uma bênção. seu temperamento uma praga”. Scolari e Figo, duas personalidades sem as quais a equipa portuguesa não teria atingido o que atingiu quer no Europeu quer no Mundial. Duas personalidades fortes que não estando sempre de acordo se respeitam e sabem que precisam um do outro em benefício do trabalho e espírito de grupo da selecção. Eles sabem que união, disciplina e discreção conduzem ao sucesso. Scolari é do parecer que a selecção portuguesa pertence ao grupo das oito melhores.
Mas com toda a crítica que poderão fazer, o certo é que sem Felipe Scolari e sem Luís Figo a selecção portuguesa não chegaria onde chegou.
António Justo
Alemanha

Publicado em Comunidades:

http://web.archive.org/web/20080430103532/http://blog.comunidades.net/justo/index.php?op=arquivo&mmes=06&anon=2006

António da Cunha Duarte Justo


Adicionar comentário
Comentários:

– – – 2006-07-14
Tem razão!
Mas só quando nos consciencializarmos que Azambuja e Nuremberga são meros aspectos da mesma realidiade, só entao estaremos preparados para agir e nao apenas para reagir.
Notar a dicotomia já é um grande passo em frente mas não chega. Temos que nos preocupar por uma cultura bipolar integral paraconseguirmos superar o ciclo vicioso da dialética e da vida em diferido.
Obrigado püela referência.
António Justo

– – – 2006-07-01
A BATALHA DE NUREMBERGA As guerras são assim, umas vezes ganham-se as batalhas e outras vezes é-se perdedor. O nosso azar está em ganharmos as batalhas de Nuremberga e perdermos as da Azambuja, oxalá fosse ao contrário.
Social:

Social:

Publicado por

António da Cunha Duarte Justo

Actividades jornalísticas em foque: análise social, ética, política e religiosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *