Acerca

 

António da Cunha Duarte Justo

Curículo resumido: Cursos de:

  • Filosofia-ISEE-Lisboa
  • Ciências da Educação na Uni. Aberta Lisboa
  • Lic. Teol.,Uni. Cat. Lx.; Licenciatura (Magister) em Teologia na UPS, RFA;
  • 21 cadeiras de Psicilogia e Pedagogial Social, na Stiftungshochshule  Munique.
  • Funções Profissionais: Cofundador do Posto de Telescola n°.1110 de Manique do Estoril
  • Prof. e dir. do Sec. na Escola de Sto António Izeda, Bragança;
  • Ordenado padre salesiano pelo Cardeal de Lx.;-
  • Orient. psico-pedagógico e prof. no Col. Oficinas de S. José de Lx;
  • Encar.da Missão Cat. Port. de St. Maur e Ivry/ Paris;-
  • Prof. de Líng. e Cult. Port., de Ética, e docente delegado da disciplina de Português na Universidade de Kassel e na Folkshochschule Kassel.
  • Políticas: Eleito por sufrágio directo ao Conselho de Estrangeiros do município de KS pela lista Franco-Portuguesa. Porta-voz do Conselho (32.000 estrang.); presidente; membro: da comissão administrativa da cidade de KS; da Junta de Freg. de Helleböhn. Co-fundador da sec. Sindical, SPE da FENPROF na Alemanha; Membro: da Comissão Mista de prof. da RFA; da Europa-Union; da Deutsch-Indische Gesellschaft; da direcção da Carl Duisberg Gesel.; Colaborador do Estab. Prisional de KS. Repres. dos Prof. da área consular de Frankfurt. Membro da presidência de “Kunst und Kultur Baunatal” e.V. Presidente da Associação ARCADIA, Arte e Cultura em Diálogo, na Branca. Conselheiro consultivo do consulado Frankfurt.

Publicações:Chefe Red. da revista Gemeinsam, da Cidade de KS, tiragem 5. 000 ex..- Co-autor em livros e Autor de Brochuras. Colaborador de jornais e revistas.

CURRICULUM VITAE ESPECIFICADO ATÉ 2.000

Nome: ANTÓNIO da Cunha Duarte JUSTO
Nacionalidade: portuguesa
Data e local de nascimento: 12. 02. 1947 em Várzea-Arouca; BI n°196…., Lisboa
Residência:  Kassel, Alemanha

Residência em Portugal:Branca, Aveiro
Ficha de Professor no Estrangeiro: Professor contratado por concurso para a Alemanha (NEPE) desde 21.04.80
Diplomas e Cursos: Curso de Filosofia (ISET-Lisboa); Licenciatura em Teologia (pela
Universidade Católica de Lisboa – Diplom Theolog pela UPS –Munique); frequência e exames do curso de psiclogia epedagogia social -21 cadeiras (Hochschule Munique); Curso de Qualificação em Ciências da Educação (Português e História), pela Universidade Aberta em Lisboa. Pelo Diploma n° 40442 professor de Filosofia, Latim e Grego (Ensino Secundário Particular), pelo Ministério da Educação e Investigação Científica (11.02.1980); Diploma n° 40442 para o Ensino Primário Particular, pelo Ministério da Educação Nacional (1973)
Nome da cônjuge: Helga CAROLA Ruf da Cunha Duarte Justo, pintora, assistente social, terapeuta de família.
Filhos: Graciette, Sonnya, Elias e David.
Ocupações profissionais: Professor de Língua e Cultura Portuguesa. Professor de Ética em escolas alemãs. Docente de Português na Universidade de Kassel e na Volkshochschule Kassel.
Vários anos Vogal do júri dos exames de currículo completo português (9° e 11° anos de Escolaridade) na Alemanha, para os exames das disciplinas de Filosofia e Introdução à Política

HABILITAÇÕES LITERÁRIAS:

Exames liceais: Liceu D. Manuel II, Porto (Ciclo Preparatório); Liceu D. João III, Coimbra
(Secundário) e Liceu de S. João do Estoril (Complementar).
Estudo da filosofia: No Instituto Superior de Filosofia – Salesianos -Manique do Estoril e no ISET em Lisboa(1967-1971).
Estudo da Teologia na Faculdade de Teologia Benediktbeuern Diplom-Theologe e da
pedagogia social, Munique, Alemanha (1973 – 1997).
Curso de Qualificação em Ciências da Educação, em Português e História pela Universidade Aberta, Lisboa, concluído em 1994)
Curso de EDV / Internet, conceito, funcionamento,TCP/IP, Hard-e Software, configuração sob Windows 95, Provider, Serviços Online, Internet-Dienst, Internet realay chat, FTP, no Semestre de Inverno 1998 na Volkshochschule Kassel
Cours de Français du Degré III, Alliance Française, Paris (1979)
Lehrgang: MI (Mittelstufe) no Goethe-Institut Lissabon (1978).
EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

– Domínio dos Programas: Page Maker, Koreldraw, Windows, Word e Internet
– Orientador dos Cursos Nocturnos de Alfabetização de Manique do Estoril (1967-1970)-Método de Paulo Freire.
– Orientador do Centro Juvenil de Manique do Estoril/1967-1971).
– Fundador, Orientador e Monitor do Posto de Telescola n°. 1110 de Manique do Estoril (1969-1971)-Ciclo Preparatório, IMAVE, Ministério da Educação Nacional.
– Professor do Curso Unificado e Educador responsável pelo secundário, na Escola Profissional de Santo António de Izeda, Bragança, da Direcção-Geral dos Serviços Tutelares de Menores do Ministério da Justiça (1971-1973).
– Monitor do posto de recepção de Telescola n°. 1067 de Izeda, Ministério da Educação(1972-1973).
– Estágio no Hospital de Penzberg, 1975 (dois meses) e em 1974 de 01.07.a 07 de Agosto.
– Estágio Social no Centro de Assistência Social da Caritas em Munique, Alemanha 1976 (dois meses).
– Diácono pelo Bispo de Augsburg 1976; estágio de Diácono em Kochel am See.
– Ordenação padre salesiano pelo Cardeal D. António em Lisboa, 1977.
– Orientador psico-pedagógico e professor do Colégio Oficinas de S. José em Lisboa
e orientador pastoral da comunidade de Murches- Cascais (1977 – 1979).
– Pároco da comunidade portuguesa de St. Maur e Ivry/ Paris. Investigação sobre a situação da comunidade portuguesa em Paris (1979 – 1980).
– Em 1980 iniciador e organizador dos cursos de Português e Cultura Portuguesas em quatro cidades: Bad Wildungen, Bad Arolsen, Diemelstadt e Hessisch-Lichtenau. Desde então, actividade docente neles (29 tempos lectivos por semana).
– Organizador e responsável pelos cursos gratuitos de Alemão, Matemática, Desenho Técnico, Estenografia, Dactilografia e Costura e Corte, em Bad Wildungen, Bad Arolsen, Korbach, Hessisch Lichtenau, Diemelstadt e Kassel subsidiados pelo governo alemão (Sprachverband) para promoção profissional e cultural dos estrangeiros.
– Aulas de Ética 9°. e 10°. anos Gymnasium e Realschule na Freiherr vom Stein Schule e na Enseschule.

FUNÇÕES POLÍTICAS

A 27.10.85 eleito por sufrágio directo para o Conselho de Estrangeiros da Câmara de Kassel (de novo a 5.11.89 pela lista Franco-Portuguesa); Presidente do Conselho de Estrangeiros da cidade de Kassel: 33.000 estrangeiros).
Membro eleito da Comissão distrital do SPD (Hessen Nord – Mitglied des Bezirksausschusses); Desde 1985 a 1993 Referente para as Relações Públicas do Conselho de Estrangeiros da cidade de Kassel (32.000 estrangeiros); entre outros, os cargos de presidente (1991/92) e de vice-presidente (1985 a 1991) do mesmo Concelho; membro da comissão administrativa da Cidade de Kassel (Verwaltungsausschuß des kommunalen Jugendbildungswerks); Conselheiro na Junta de Freguesia de Helleböhn-Süsterfeled (de 1985 a 1998); chefe da Fracção Franco-Portuguesa do Conselho de Estrangeiros; durante 8 anos representante (delegado) de Kassel na Federação dos Conselhos de Estrangeiros do Estado do Hessen (AGAH); A 04.03.89 eleito pela AGAH membro da comissão organizadora dos Conselhos de Estrangeiros para a RFA. Delegado eleito ao 1°. Congresso Federal dos Conselhos de Estrangeiros (28 – 29.03.88) em Wiesbaden. Outubro de 1992 demissão das funções de presidente do Conselho de Kassel. Delegado pela federação (Dortmund) da Alemanha ao Congresso do Partido Socialista em Lisboa (14-15.01.1989).
Em 1987 Membro da comitiva da delegação de kassel (representantes da política, sociedade e economia) à cidade congeminada Arnstadt na DDR; etc.

CONFERÊNCIAS E PALESTRAS REALIZADAS

– 09.06.1980: Palestra no Arbeitsamt de Kassel – RFA, em representação da Embaixada, sobre „Sistemas de Educação e Formação, Formação Profissional e Escolaridade Obrigatória em Portugal“.
– 28.06.1990 Conferência na Gemeinschaftshaus Bad Wildungen a convite das fracções da cidade. Tema: „As Estruturas dos Conselhos de Estrangeiros em Hessen“.
– 1991 Conferência sobre „Situação dos Estrangeiros na Alemanha“em Kassel, a convite do Schlachthof.
– 03.09.1987 Conferência na Universidade de Kassel sobre „Mitbestimmungsrechte für Ausländer – Einflußnahme in den Kommunen und in der Verwaltung, a convite do Prof. Dr. Lange.
– 27.06. 1987 Conferência para as frações políticas na Câmara Municipal de Ludwigshafen sobre „ Conselho de Estrangeiros de Kassel e sua Incardinação no Espectro Político e Administrativo“, a convite da cidade de Ludwigshafen.
– Podiumsteilnehmer na Ausländer Konferenz des IG Metall – Verwaltungsstelle Kassel
– 15.06.1989 in Hörsaal des Landes Museums in Kassel, Referat; „Ausländerfeindlichkeit an Schulen“ (Kassler Stadtschülerrat)
– 13.04.1989 Vortrag in Kassel, Kreisverband Kassel-Stadt, bei der Mitglieder Versammlung: „Situation der Ausländer in Kassel“
– 05.11.1989 Conferência sobre „Wohin Deutscland – Der Verrat am deutschen Idealismus“ em Kassel, a convite da Carl Duisberg Gesellschaft.
– Páscoa de 1989 Vortrag perante 4000 a 5000 pessoas na Schlußkundgebung der Ostermarsch, Tema: „Rechtsextremismus als politische Herausforderung“
– 07.05.1990 Vortrag in Kassel – Europatag, Veranstaltung der Europa-Union Deutschland: „Multikultur – Vision oder schwierige Realität“
– 01.09.1992 Antikrigstag, vortrag in der Innenstadt
– Em 1992 Conferência sobre „Portugal e a sua História “em Kassel, a convite da Carl Duisberg Gesellschaft.
– 25.11.1992 Conferência na Junge Union Kassel. Tema:“Asyl: Auch ein Problem für Kassel
– Maio de 1993 Conferência em Kassel a oficiais militares sobre „Situação dos Estrangeiros na Alemanha“, a convite da Lütich-Kaserne.
– 07.09.1995 Vortrag in Jugendhof, Dörnberg: „Nationalismus und Verfassungsglaube“
– Junho de 1995 Conferência na reunião dos membros do partido Freie Wählergemeinschaft em Kassel, tema: „Ausländerbeiräte institutionelle Form der politische Beteiligung?“
– Fevereiro de 1996 Conferência sobre „Fátima e a Religiosidade Portuguesa“em Kassel, a convite da Evangelische Kirchengemeinde de Brasselsberg.
– Junho de 1997 Conferência na reunião dos membros do Ortsverein Süsterfeld-Helleböhn do SPD em Kassel, tema: „“

– Novembro de 1998 Conferência sobre „Fernando Pessoa e os Heterónimos“em Kassel, a convite da Carl Duisberg Gesellschaft.
– Entrevistas com jornais, rádio HR, TV(H3) e conferências de imprensa
– Conferencista em vários seminários (temas: bilinngualidade, interculturalidade, exilados, retornados, estrangeiros na Alemanha) em diferentes anos para soldados das casernas Lütich e Hindenburg, a convite do responsável Dekan Dietmar Hahn além de outras conferências em muitas outras instituições.

 

CARGOS ASSOCIATIVOS

Fundador (06.07.88) e presidente da associação ” Förderverein Gemeinsam e. V.”; co-fundador e membro de várias associações portuguesas: Associações de portugueses das cidades de Bad Wildungen, Bad Arolsen, Diemelstadt, Hessich-Lichtenau, membro da direcção da Mesa Redonda de Kassel; 30.01.93 membro da direcção da Associação Cultural e Desportiva de Kassel, e. V.; membro honorário da direcção do Centro Português Cultura e Desporto e. V. Marsberg; 16.03.85 eleito pelos professores no Consulado de Frankfurt para a comissão de professores do Consulado de Frankfurt; 1987 eleito membro da Comissão Mista de professores portugueses na RFA; 18.01.86 eleito, em reunião de professores no Consulado de Frankfurt, para a Comissão Sindical Provisória para criar e organizar a secção SPE (Sindicato dos Professores na Europa ) na Alemanha (Sócio n°. 293); membro da Europa-Union Deutschland; presidente da AG Öffentlichkeitsarbeit des Ausländerbeirats Kassel; membro da Deutsch-Indische Gesellschaft (15.12.85); membro da direcção da Carl Duisberg Gesellschaft (CDG)- Núcleo Kassel, desde 1987; membro da presidência da „Kamin Gesellschaft e. V.“ em Hann. Münden. Representante actual dos Professores de Português da Área Consular de Frankfurt (Comissão dos Professores). Concelheiro consultivo do Vice-consulado de Frankfurt. Porta voz do mesmo Consellho para impedir o encerramento do Vice-consulado ; orientador da manifestacao de portugueses em Frankfurt contra o encerramento das instalcoes consulares.

TRABALHO HONORÍFICO COM AS COMUNIDADES PORTUGUESAS E FOMENTO DA CULTURA PORTUGUESA

– 1980 fundação da Associação de Pais de Bad Wildungen (39 alunos)
– 1981 fundação da Associação de Pais de Hessisch Lichtenau (28 alunos)
– 19.12.81 fundação da Associação de Pais de Arolsen-Korbach (33 alunos)
– 11.02.82 fundação da Associação de Pais de Diemelstadt (24 alunos)
– 05,12.81 reunião com o consulado (Dr. Alves e Dr. Silvério Marques) em Bad Wildungen.
– Ensino de alemão para portugueses em Diemelstadt/Rohden, às Quintas-feiras depois do ensino de Português em Wrexen (1981-etc).
– 1981 criação dum rancho folclórico infantil de Bad Wildungen em colaboração com a Associação de Portugueses (Sr. Elísio Silva). Pais de alunos fizeram os trjes típicos das regiões donde provinham. Participação nas Festas da cidade de Bad Wildungen (a partir de 03-04.10.1981) com tenda portuguesa e Rancho.
– 10 e 11.04.82 passeio de pais e alunos de Bad Wildungen à cidade de Hamburgo.
– 1983 conversações com a Caritas Verband de Paderborn no sentido de organizar assist^ncia social para os portugueses em Bad Wildungen, Bad Arolsen, Diemelstadt. O Schulamt pôs à disposição salas nas três escolas onde o assistente social passou a vir de 15 em 15 dias , apartir de Janeiro de 1984. No decorrer dos anos o assistente social deixou de vir por fata de procura por parte dos portugueses. O Assistente Social passou a vir apenas quando solicitado.
– Socorrendo-me de subsídios do Estado Alemão (Sprach Verband) para promoção profissional e cultural de jovens e adultos estrangeiros organizei e dirigi (escolha de professores, frequência, relação com a Sprach Verband etc.) com o apoio das associações portuguesas das cidades onde lecciono e a „Gemeinnützige Gesellschaft für Förderung der Berufliche und Geselschaftliche Eingliederung von Ausländern, m.b. H“ (GGBSE) que contactei, e com o apoio das escolas que colocaram os seus espaços à disposição para os cursos, os cursos seguintes: Alemão, Matemática e Desenho Técnico, Estenografia, Dactilografia, Costura e Corte , que começaram na Páscoa de 1983 em Bad Wildungen, Bad Arolsen, Korbach, Hessisch Lichtenau, Diemelstadt e Kassel. A frequência dos Cursos era durante a semana de trabalho duas vezes das 16.30 às 19.30 horas e aos sábados das 15.00 . às 18.00 horas. Em Kassel aulas de Alemão e de Costura e Corte eram na Caritas.
– Organização, com o apoio da Fundação Gulbenkian, de uma biblioteca ambulante para alunos e pais nas cidades já referidas.
– Participação em Projektwochen escolares com temas portugueses (Ex.: Exposição sobre História de Portugal, com 12 cartões Din1 na escola secundária de Bad Arolsen, em Junho de 1984 e posteriores repetições em outras escolas e organizações).
– Organização de festas -convívio escolares com sketchs, poesias, teatros improvisados, pingo, etc. Participação em festas escolares alemãs com pais e alunos mediante folclore, culinária portuguesa, videos, material turístico…
– Três reuniões de pais anuais em cada uma das quatro cidades, abertas a toda a comunidade e com conferências estruturadas com temas relativos ao ensino, à comunidade, psicologia, pedagogia e assuntos laborais. Exemplos de palestras dadas: „Significado das Associações na migração“; „Sistemas de Educação – autoritário, democrático e permissivo (laissez-faire)“; „Imagem da Mulher nos Contos de Fadas, de Bruxas e nas Lendas“; „Alterações nos Direitos Sociais na RFA“; „A Mulher entre Bruxa e Santa“; „Trabalho – Um direito para todos; Redução do horário semanal de trabalho“; „Desemprego: Consequências psíquicas e sociais“; „Legislação social e laboral para estrangeiros“; „Promoção profissional e cultural“; „O 25 de Abril“; “Escolas profissionais na RFA“; „O sistema escolar alemão“; „A Droga (Dependência física, psicológica e económica)“; „O Castigo – ajuda ou dano?“; „A criança e a televisão“ ; „Escolas Especiais no Hessen; o que são (de deficientes ou para alunos com carências na aprendizagem ou no comportamento), quem vai para lá, consequências, como evitar, testes de admissão, interlocutores, presença obrigatória do prof. de língua materna, possibilidades de transferência para a Hauptschule, situação no corrente ano de 1981“; a riqueza da Bilingualidade; etc.
– Além da minha actividade específica, dado as cidades onde lecciono não possuirem assistência social para portugueses vejo a minha actividade alargada a assistente social, intérprete e tradutor, fac totum.
– Organização, com as associações portuguesas, de acções de tempos livres e encontros interescolares para alunos e pais, rotativamente nas cidades de Bad Wildungen (13 alunos do primário e 26 do secundário), Hessisch Lichtenau (10/18), Bad Arolsen(7/20), Diemelstadt/Wrexen(9/15) e Kassel. Curioso é que destes encontros surgiram acidentalmente casamentos entre portugueses destas várias cidades. As festas – convívio (futebol, dança, comida, discoteca e por vezes conjuntos) realizam-se na escola de Bad Arolsen (actualmente no Centro Português), Liborius Kirche em Bad Wildungen, Stadt Halle/Diemelstadt-Wrexen, Centro Português de Hessisch Lichtenau e na Caritas de Kassel: isto nos anos oitenta, entretanto a iniciativa de realização de tais convívios passou para os jovens das respectivas cidades.
– De 07 a 08.08.1985 no Centro de Juventude do Distrito de Kassel – Sensenstein , seminário: „Formação Profissional“, alunos das escolas de Bad Wildungen, Arolsen, Diemelstadt-Wrexen, Hessisch Lichtenau e Kassel.
– Colaboração com a Hessische Landeszentrale für politische Bildung na organização e realização da da Viagem de Estudo à zona Norte e Central de Portugal. 14 dias em Maio 1986 como prémio do concurso de alunos das escolas do Estado do Hessen.
– De 27.05 a 5.06.1987 Viagem à Calábria e Sicília com 20 alunos portugueses do secundário de Bad Wildungen e Hessisch Lichtenau . Ganhámos o 1°. prémio do Ministério do Culto do Hessen no concurso escolar „Pontes para um Futuro Comum“.
– Preparação e direcção duma Viagem de Estudos a Lisboa realizada pelo Landkreis Kassel – Centro de Juventude Sensestein (15 dias) na Páscoa de 1992
– 23 e 24 de Junho no Jugendhof Dörnberg realização dum seminário sobre fotografia com jóvens portugueses. Os/as jóvens , munidos de máquinas fotográficas e de filmes (a preto e branco) , receberam a missão de nas férias fotografarem aspectos característicos da vida e cultura portuguesas. Depois das férias num seminário de fim de semana revelara as fotos e devido à sua qualidade organizou-se um exposição no Foyer da Câmara Municipal de Kassel.
– Colaboração com a Evangelische Gemeinde de Brasselsberg na organização duma excursão a Braga-Fátima (10 dias) na Páscoa de 1996
– Colaboração com a Volkshochschule Landkreis Kassel na organização duma viagem de estudos, subordinada ao tema „Investigação dos Vestígios do 25 de Abril“, à regiões Porto e Lisboa ( 10 dias )na Páscoa de 1999
– Colaborador honorífico (Ehrenamtliche Mitarbeiter) do Estabelecimento Prisional de Kassel: Assistência a prisioneiros de língua portuguesa.
– Colaborador regular da rádio portuguesa em Hamburgo

PUBLICAÇÕES

– Chefe Redactor de Gemeinsam, revista trimestral do Conselho de Estrangeiros de Kassel em alemão com secções em português, italiano, turco, françês, grego, editada pela cidade de Kassel, tiragem de 5.000 a 7. 000 exemplares.
– Editor da Brochura bilingue: “Pontes Para um Futuro Comum – Brücken in eine gemeinsame Zukunft”, editada na Caritas, Kassel
– Editor de “O Farol” , jornal de carácter escolar e social em colaboração com alunos, pais e portugueses das cidades de Bad Wildungen, Hessisch Lichtenau, Kassel, Bad Arolsen e Diemelstadt( de 1981 a 1985)
– Editor de „Boletim da Fracção Portuguesa no Conselho de Estrangeiros de Kassel (1984)
– Autor da Brochura „Kommunalwahlrecht für Ausländer – Argumente“ editada pela cidade de Kassel, Fevereiro de 1987.
– Co-autor da Brochura „Ausländerbeiräte in Hessen – Aufgaben und Organisation“, editada pela AGAH e Hessische Landeszentral für politische Bildung, Wiesbaden, 1988.
– Recensão do livro „Vivências e Convivências“, Dr. Carlos Alberto, in Boletim Informativo Salesianos, Lisboa 50 (06.01.1975).
– „Quem é esse Jesus?“, in Diálogo, Lisboa 3 (03.12.78)
– „Conversão e Igreja Peregrina“, in Brotéria, Lisboa 104 – N°.1 (1977, 22-36)
– „Crise do Sacramento da Penitência“, in Brotéria, Lisboa 104 – N°: 2 (1977, 181-191)
– „Cristianismo: Pecado e História“, in Brotéria, Lisboa 105 – N°. 2-3 (1977, 153-168)
– „Emigration der Portugiesen“, in Kaiserlautener Zeitung, Kaiserlautern (18.07.1979)
– 28.02.1979 Relatório sobre a Comunidade Portuguesa de Ivry-Paris para o episcopado de Créteil- França.
– Começo de série de artigos subordinados ao tema: Para uma Política de Emigração – „O Emigrante: um subproduto social“; „O Emigrante tem de saber se é português“; „O Emigrante, Educação e Ensino“; Estado Português em Dívida“; „A Escola Factor de Integração e de Assimilação“, in O Tempo, Lisboa, 05.11.81, pag. 1 e 3
– „O 25 de Abril“, in Horizonte, Frankfurt 58 (Abril de 1982).
– „Professores de Português no Estrangeiro“, in Expresso, Lisboa, (31.10.87)
-„Politische Mitbestimmung für Ausländer/innen: Der Eiertanz der Politiker“, in Essay, Zeitschrift für Kontroversses aus Politik, Gesellschaft und Kultur, Januar 1990/2
– in Diálogo do Emigrante, nos últimos anos com o nome Diálogo Europeu, Lisboa, entre outros, os seguintes artigos: „Sistema Escolar Alemão“ (20.09.87); „O Conselho de Estrangeiros de Kassel“(20.09.87); „Conselhos de Estrangeiros-Participação Política“(01.10.87); „Política Escolar da RFA – A Selecção de Alunos“ (07.05.88); Entrevista a Liselotte Funke, encarregada do governo alemão para os assuntos dos estrangeiros(20.10.87); „Língua e Cultura Portuguesas: Um Património a Defender“(01.11.87); „Primeira Conferência dos Conselhos de Estrangeiros e das Representações de Estrangeiros da RFA“ (Maio de 1988); „Perspectivas Profissionais para Jovens Portugueses“ (02.09.89); „Para uma Política de Emigração“ (15.10.88); „Professores de Português na RFA Rejeitam Despacho Governamental“ (20.01.90); „Timor-Leste: Um Povo Esquecido“ (30.12.96);etc.
– in O Emigrante, nos últimos anos com o nome Mundo Português, Lisboa, entre outros, os seguintes artigos: „Voto nas Presidenciais“ (21.04.85); „A Nova Lei de Impostos“ (1985); „Emigrantes Portugueses contra a Tributação da Poupança“ (21.04.85); „Consequências do Acidente de Chernobyl/URSS (10.05.86); „Mudança Política no Estado do Hessen“ (17.07.87); „Sistema Escolar Alemão“ (21.08.87); „Fomentar a Participação Política“ (25.09.87); „Língua e Cultura Portuguesas – Um Património a Defender“ (06.11.87); „Conselho de Estrangeiros de Kassel – Um Modelo na Alemanha“ (16.10.87); „O Povo Moçambicano Sofre“ (18.06.88); „Os Estrangeiros querem votar para as autarquias“ (1988); „Política Emigrante para as Comunidades“ (04.11.88); „Política de Emigração para as Comunidades nos Países de Residência“ (04.09.88); „Alemanha Federal: Novidades na Nova Lei de Estrangeiros“ (15.09.90),etc.
– in Correio de Portugal, Dortmund, actualmente com o nome Portugal Post, „A Alemanha à porta das eleições federais – previsão e opinião“ (Outubro de 1994); „Guerra em torno do Kosovo / Verdade: O Inimigo Comum“ (01.05.99), etc.
– in Frankfurter Allgemeine Zeitung (FAZ), Frankfurt, „Ausländerbeiräte Vielfach zu Türkischen Beiräten Geworden“ (26.11.97)
– in Hessische / Niedersächsische Allgemeine ( HNA), Kassel: „ Krieg der Worten und Parolen“( 13.11.86); „Nicht das Demokratiegebot Übersehen““ (08.09.87); „Wahlrecht für Ausländer“ (03.09.87); „Auslanderbeirat hat nur Alibifunktion“ (15.11.93); „Politikermentalität muss sich ändern“ (23.11.94); „Erneuerung aus bewußter Basis nötig“ (26.10.94); „Kleinere Nationen Kommen bei Ausländerbeiratswahlen nicht zum Zuge“ (30.12.97); „Demonstrationsverbot gegen Kurden ist Unverhältnismässig“ (16.03.99);etc.
– in O Independente, vários contributos
– in O Diabo, vários contributos.
– em muitas revistas e jornais digitais dos países lusófonos.
CITAÇÕES RECEBIDAS
Louvor por parte da DGE devido ao „interesse manifestado na divulgação da Língua e Cultura Portuguesa“. – Num concurso escolar do estado de Hessen, os cursos de português de Bad Wildungen, Hessisch-Lichtenau e Arolsen ganharam o 1° prémio com viagem ao Sul de Itália e Sicília.

SEMINÁRIOS FREQUENTADOS

Preliminar: – Durante os primeiros cinco anos frequência de reuniões regulares de professores (relações e colaboração excelente entre professores) a expensas próprias no consulado de Frankfurt para troca de impressões, elaboração de objectivos mínimos, planificações de aulas, elaboração de fichas, etc. A heterogeneidade das classes (e a carência do tempo, apenas 6 tempos lectivos por classe, implicando ensino da Língua, da História e da Geografia de Portugal) obriga o professor a optar por uma didáctica de ensino diferente à que estava habituado em Portugal; um ensino diferenciado entre o de pequenos grupos e individual. A alta motivação dos paise em parte dos alunos (e total confiança no professor) levou-me a optar por uma iniciativa única na Alemanha que se mantem até hoje: o ensino de Língua e Cultura Portuguesas em Hessen é obrigatório até aö 10°. ano, entretanto eu acordei com os pais a que os filhos frequentem o ensino até ao 12°-13°.ano e no tempo da aprendizagem para os que optam pela profissionalização depois do 9°-10°. ano. Tudo isto com a anuência das autoridades escolares que continuam a registar as notas mesmo depois do tempo legal obrigatório.

– De 22 a 26.09.1980 Acção de Formação Contínua no Instituto para Formação de Professores – Hessen – Weilburg: „Curso de Alemão para professores estrangeiros que conseguiram o certificado no exame efectuado pelo Ministério da Cultura do Hessen“
– De 15 a 19.10.1980 Acção de Formação Contínua no Instituto para Formação de Professores – Essen – Werden, seminário subordinado ao tema: „Língua Materna para portugueses“.
– De 17 a 21.08.1981 Acção de Formação Contínua no Instituto para Formação de Professores – Hessen – Weilburg: „Alargamento do conhecimento de Alemão para professores estrangeiros com base em temas pedagógico.didácticos“
– De 26 a 28.04.1982 Acção de Formação Contínua no Instituto para Formação de Professores – Hessen – Weilburg, seminário: „Ensino da Língua Materna para Alunos Portugueses e Alunos Jugoslavos. Troca de Experiência e Elaboração de Planos de Aula“
– De 03 a 06.08.1982 Acção de Formação Contínua no Instituto para Formação de Professores – Hessen – Weilburg. Continuação do seminário: „Alargamento do conhecimento de Alemão para professores estrangeiros com base em temas pedagógico-didácticos“
– De 29.11 a 03.12.1982 Acção de Formação Contínua no Instituto para Formação de Professores – Essen – Werden, seminário: „Ensino da Língua Materna para Portugueses“
– De 14 a 19.05.1983 Acção de Formação Contínua no Instituto para Formação de Professores – Hessen – Frankfurt, colóquio: „Elaboração de Materiais de Ensino para os Planos-Programas de Ensino Materno da Língua Portuguesa, no Ensino Primário do Hessen“
– De 10 a 12.08.1983 Acção de Formação Contínua no Instituto para Formação de Professores – Hessen – Weilburg: „Estudo e Aplicação do novo Decreto-Lei do Ministério da Educação do Hessen“
– De 01 a 03.08.1983 Acção de Formação Contínua no Instituto para Formação de Professores – Hessen – Starnberg, colóquio: „Estudo e Preparação de Materiais para a Elaboração dos Planos de Ensino da Língua Materna para o Ensino Primário em Hessen“
– De 08 a 10.10.1984 Acção de Formação Contínua no Instituto para Formação de Professores – Hessen – Frankfurt, colóquio: „Elaboração de Materiais de Ensino para os Planos-Programas de Ensino Materno da Língua Portuguesa, no Ensino Primário do Hessen“
– De 14 a 16.04.1984 Acção de Formação Contínua no Instituto para Formação de Professores – Hessen – Weilburg: „Princípios Metodológico-Didácticos na experimentação dos Programas para o Ensino Materno da Língua Portuguesa e Espanhola, no Ensino Primário do Hessen“
– De 29.11. a 01.12.1985 em Bad Neustadt: „Curso Intensivo de Formação Comunidades Europeias: Integração de Portugal. Reflexos para os Portugueses na Europa“, organizado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros
– De 02 a 06.12.1985 no Instituto para Formação de Professores – Hessen – Fuldatal: „Rechtliche und soziale Probleme von Ausländern und ihren Kindern in unsere Gesellschaft (in Zusammenarbeit mit Sozialarbeitern, Juristen, Ämtern und Behörden)
– De 01 a 05.12.1986 Acção de Formação Contínua no Instituto para Formação de Professores – Essen-Werden:
– De 27 a 29.09.1985 no Europa-Institut em Bocholt a cargo do Ministério dos Negócios Estrangeiros: „Curso Intensivo de Formação Comunidades Europeias: Integração de Portugal. Reflexos para os portugueses na Europa“
– De 11 a 13.04.1986 na Fridrich Ebertstiftung em Freudenberg, colóquio: „Participação Política para Estrangeiros na Europa“
– De 25 a 27.04.1986: Colóquio na Academia Evangélica em Mülheim subordinado ao tema „Verfassung und Kommumalwahlrecht“
– De 03 a 05.10.1986 no Schlachthof, Kassel, Congresso Federal: „ Os Centros Sócio-Culturais na Alemanha“
– Em Março de 1987 na Academia da Federação das Caixas Gerais de Depósitos em Neuhausen, Estugarda, seminário de 3 dias organizado pela Embaixada Portuguesa sob o título „ Direito Comunitário e a sua Aplicação noÂmbito da Segurança Social e da Formação Profissional dos Jovens Portugueses“
– 30.01. a 01.02. de 1987 na Evangelische Akademie, in Mülheim/Ruhr, „Estrangeiros nos Media“, colóquio em colaboração entre A União dos Jornalistas Alemães (Deutsche Journalisten Union e o Wir – Forum.
– De 30.11. a 04.12.1987 Acção de Formação Contínua, no Instituto para Formação de Professores – Renânia do Norte Vestefália – Botropp sob a orientação e cooperação entre Ministério da Educação de Portugal, Ministério da Cultura da Renânia do Norte Vestefália e o Ministério da Cultura do Hessen: „Língua Materna para Crianças e Jovens Portugueses“
– De 18 a 20.09.1987 na Deutsche Landjugend-Akademie, Fredeburg, Bonna, seminário organizado pela Embaixada Portuguesa em colaboração com o Ministério do Trabalho da RFA: „O Futuro dos Jovens Portugueses na Alemanha“
– De 20 a 24.06.1988 no Instituto para Formação de Professores -Estado do Hessen, em Fuldatal: „Finalistas e Profissionalização“
– De 09 a 11.05.1988 no Instituto para Formação de Professores -Estado do Hessen, em Fuldatal: „Apoio no domínio do dia a dia de professores alemães e estrangeiros em exercício. Aconselhamento de Associações fde Pais (Sistema escolar, notas, política escolar)“
– De 04 a 06.11.1988 na Academia Klausenhof em Bonna, seminário em colaboração entre os Ministérios do Trabalho e da Ordem Social alemães e a Embaixada de Portugal. Tema: „Integração Escolar e Profissional dos Jovens Portugueses na RFA“
– De 28.11 a 02.12.1988 em Donaueschingen: Acção de formação contínua de professores sob a orientação e cooperação entre Ministério da Educação de Portugal, Ministério da Cultura da Renânia do Norte Vestefália e o Ministério da Cultura do Hessen.
– De 02 a 04.06.1989 no Gustav-Stresemann-Institut, em Bonna, seminário organizado pela Embaixada Portuguesa em colaboração com o Ministério do Trabalho da RFA: „Perspectivas Profissionais para Jovens Portugueses“
– De 21 a 22.10.1989 na Academia de Botropp, encontro de professores:“Análise do Despacho 60/SERE/89 da Secretaria do Estado da Reforma Educativa“.
– De 11 a 13.10.1989 no Instituto para Formação de Professores -Estado do Hessen, em Fuldatal: „Conteúdos relacionados com o País de Origem :7°-10° anos. Elaboração de Unidades de Ensino baseadas nos Programas desenvolvidos“
– De 20 a 24.11.1989 em Donaueschingen: Acção de formação contínua de professores sob a orientação e cooperação entre Ministério da Educação de Portugal, Ministério da Cultura da Renânia do Norte Vestefália e o Ministério da Cultura do Hessen
– De 03 a 07.12.1990 em Donaueschingen: Acção de formação contínua de professores pela Escola Superior de Educação de Lisboa e Landesanstalt für Schule und Weiterbildung, Soest, em colaboração com o Ministério da Educação de Portugal: „…“
– De 16 a 25.07.1991 em Viseu, na Universidade, Seminário de Verão organizado pela Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas e pela Universidade Católica: „Valores da Lusitanidade“
– De 11 a 15.11.1991 em Donaueschingen: Acção de formação contínua de professores sob a orientação e cooperação entre Ministério da Educação de Portugal, Ministério da Cultura da Renânia do Norte Vestefália e o Ministério da Cultura do Hessen
– De 12 a 24.10.1992 em Torres Vedras, subsidiado pela Comunidade Europeia. Seminário de Formação Contínua de Professores organizado em cooperação entre o Ministério da Educação de Portugal e os Ministérios da Cultura da Renânia do Norte – Vestfália e do Hessen.
– De 12 a 24.10.1993 seminário em Estrasburgo, subsidiado pela Comunidade Europeia. Seminário de Formação Contínua de Professores organizado em cooperação entre o Ministério da Educação de portugal e os Ministérios da Cultura da Renânia do Norte – Vestfália e do Hessen.
– De 09 a 11.02.1993 no Instituto para Formação de Professores – Hessen – Fuldatal, seminário internacional para Formadores de Formadores – Projecto-Língua: Cooperação França e Hessen
– De 14. a 19.05.1993 no Instituto para Formação de Professores – Hessen – Fuldatal, LINGUA Seminar.
– De 21 a 25.11.1994 em Donaueschingen: Acção de formação contínua pela Escola Superior de Educação de Lisboa e Landesanstalt für Schule und Weiterbildung, Soest, em colaboração com o Ministério da Educação de Portugal: „Trabalho em Portugal e…“
– De 15 a 17.02.1995 no Instituto para Formação de Professores – Estado do Hessen, seminário: „Ensino Materno como Chance para multilinguismo“.
– De 20 a 25.11.1995 em Donaueschingen: Acção de formação contínua pela Escola Superior de Educação de Lisboa e Landesanstalt für Schule und Weiterbildung, Soest, em colaboração com o Ministério da Educação de Portugal.
– De 11 a 13,04.1986 em Freudenberg, colóquio ; „Kommunales Wahlrecht und politische Partizipation für Ausländer am Beispiel ausgewählte europäischer Länder“
– De 02 a 09.11.1996 no Instituto de Formação de Professores – Estado do Hessen, em Fuldatal: Acção de Formação Contínua no âmbito do Programa Sócrates-Comenius: „Novos Métodos de Trabalho e Aprendizagem no Ensino a Nível Europeu“.
– De 16 a 20.11.1996 em Donaueschingen: Acção de formação contínua a cargo do Ministério da Educação de Portugal: „Lusofonia – O Ensino da Língua e Cultura Portuguesas“. Tendo abrangido a literatura e variantes linguísticas dos países de língua portuguesa contribuiu imenso, este curso, para motivar os alunos das ex-colónias que frequentam a escola.
– De 24 a 29.11.1997 no Instituto de Formação de Professores -Estado do Hessen, em Weilburg, acção de formação contínua a cargo do Ministério da Educação de Portugal: „ A Inovação Metodológica no Ensino e Aprendizagem da Língua e Cultura Portuguesas“.
– De 02. a 04.101998 in der Evangelische Akademie Hofgeismar, in Rahmen des Hessisch-Thuringischen Schulgespräches : „Ethisch Erziehen in der Schule“
– De 16 a 20.11.1998 em Schotten: Acção de Formação Contínua pela Escola Superior de Lisboa e Landesanstalt für Schule und Weiterbildung, Soest, em colaboração com o Ministério da Educação de Portugal: „Jogos Socio-Culturais e Avaliação no Ensino Hodierno da Língua Materna “.
– De 5 a 11.11.1999 em Oberursel: Acção de Formação Contínua, com a designação “A Natureza e seus problemas como fonte inspiradora da criação de texto: contextos para o desenvolvimento do vocabulário”
Currículo apresentado na Coordenação Geral do Ensino de Português em Berlim
Área consular de Francoforte. Kassel, Maio de 2000
António da Cunha Duarte Justo

 

 

18 respostas a Acerca

  1. Fernando Caldeira da Silva diz:

    Impressionante o seu percurso. Parabéns e abraço oleirense/sul-africano.

  2. M.S diz:

    Amigo Justo.Aprecio bastante o conteudo dos seus artigos que ,de uma forma directa,concisa e rica em conhecimentos veridicos,mostra bem o Raio X do país que infelizmente temos,bem como o alerta para os perigos que daí podem advir para todos os portugueses,que,de tão cegos ,não conseguem abrir um pouco os olhos para os perigos que nos espreitam,e ,cobarde e comodamente baixam a cabeça deixando-se arrastar pelos tentaculos do Enorme Polvo ou,chamemos-lhe de ‘Seita Universal’, que nos vai empurrando a passos largos em direcção ao abismo do inevitavel Cataclismo Mundial.Parabens,não desista de exprimir certas verdades que têm um impacto positivo junto daqueles que as conseguem decifrar e compreender.Eu sou um deles Um grande abraço.

  3. Amigo M Silva
    Muito obrigado por si!
    Tem muita verdade ao constatar que há tão poucos que observam o que acontece nas entrelinhas da vida! Alegra-me a sua companhia!
    Um abraço justo
    Justo

  4. Fernando diz:

    Caro amigo

    Fico feliz por ainda haver pessoas que não tem vergonha de ser cristãos, continue não desista porque as trevas não suportam a luz.
    Sou cristão e missionário à 30 anos não pertenço a nenhuma igreja estabelecida temos uma site na internet que se quiser pode acessar http://WWW.afamilia.org é um grupo internacional sou portugues e faço esse trabalho tambem aqui na nossa terrinha apesar de sermos muito poucos.
    Um abraço Deus o abençoe

    Fernando

  5. Obrigado Fernando,
    Sinto imensa satisfação ao ver que há pessoas como o senhor que vivem a causa mais nobre da vida.
    Só se pode envergonhar de ser cristão quem não teve a oportunidade de descobrir e encontrar Cristo!
    Muitos desistem ficando-se pela análise deste ou daquele folclore!
    Obrigado pelos seus 30 anos ao serviço de todos nós!
    Um abraço com Deus
    Justo

  6. Rui diz:

    Boa tarde,
    Apenas para informar que deixei um comentário no post no http://www.bomdia.lu

    adicionalmente informo que pode ter publicidade no seu blog (paga na medida em que os utilizadores lá cliquem) seguindo:
    http://www.bidvertiser.com/bdv/bidvertiser/bdv_ref.dbm?Affiliate_ID=25&Ref_Option=pub&Ref_PID=229838

    Normalmente deixo alguns poemas no Bom Dia, convido-o a estar atento.
    Melhores cumprimentos,
    Rui

  7. Caro Antonio Justo, Gostaria de conversar consigo um destes dias pelo telefone. Questões culturais, isto é, redentoras.
    Um abraço.

  8. Helena Vidinha diz:

    Não tanto como gostaria, vou lendo o que tão bem escreve.
    Óptima ideia, a da Minha Vida na Mala. A minha seria muito pequenina, mas poderia fazer parte desse belo projecto de afirmação da nossa identidade no Mundo.
    Obrigada.
    Helena

  9. Alvaro Oliveira diz:

    Caríssimo,
    Há algum tempo que leio o que vai publicando e que muito apraz ler pelo seu pragmatismo e clareza. Há algum tempo também que me interrogo sobre se o António Justo é aquele que conheci há uns largos anos em Viseu.
    Há mais de duas décadas, durante o verão, frequentei uma ação de formação na secção viseense da Universidade Católica (Valores da lusitanidade) , em que participaram emigrantes residentes em países da Europa e América. Entre os participantes havia também um António Justo, se a memória não me atraiçoa, residente na Alemanha.
    Gostaria, por isso, de saber se efetivamente é o António que conheci e de lhe pedir o número de telefone para conversarmos um pouco. Teria uma proposta a fazer-lhe, no âmbito do que muito bem tem feito, na minha opinião, desde que descobri os seus textos.
    Saudações cordiais

  10. Prezado Álvaro Oliveira,
    Muito obrigado por suas cordiais e simpáticas palavras!
    Sim, fomos colegas e eu ia pela Alemanha!
    Estou à disposição e terei imenso prazer no contacto!
    Meus dados pessoais:
    António da Cunha Duarte Justo
    Rhönstrasse 56, 34134 Kassel
    mail: antoniocunhajusto@gmail.com
    Tel.0049 561 407783
    Tenho também residência em Portugal (Branca, Aveiro)
    Se achar mais oportuno pode dar-me o seu número de telefone e telefono eu!
    Um abraço cordial
    António

  11. Mário Adão Magalhães diz:

    Caro confrade
    Bom dia.

    Venho lendo as suas peças no Bomdia.lu, que muito me agradam.
    E para tanto deslumbramento, seguindo o seu curriculum, encontro a justificação para o que tão bem faz e escreve.

    Deste modo, que dizer-lhe se o que disser é sempre coisa pouca.

    Amplexos fraternos e humildes do

    Mário Adão Magalhães

  12. Manuel Miranda diz:

    Cheguei ao BLOGUE de António Justo não sei como. Já por aqui anda há umas horas. O artigo sobre a Ucrânia interessou-me. Mostra um saber que estes políticos que governam o Mundo não sabem e nem compreendem.
    Agora uma curiosidade. Aqui há uns anos cruzei-me com muita frequência com um Justo, não recordo se António, num BLOGUE orientado por um português residente no Brasil, no Brasil ido de Angola, natural de Mação, distrito de Castelo Branco. Eu tive muita colaboração nesse BLOGUE enquanto existiu. Conheço um irmão desse português aqui a residir em Coimbra, onde moro.
    É o mesmo Justo desse BLOGUE? Recordo e gostava muito das intervenções do justo colaborador desse BLOGLE para a comunidade portuguesa espalhada pelo mundo.
    Um abraço
    Manuel Miranda
    Coimbra

  13. Caro Manuel Miranda,
    obrigado pelo seu comentário.
    Sim, era eu essa pessoa que escrevia para esse blog (creio que se chamava Portugal Club. Nunca consegui perceber a razão de essa expressão ao lado de outras ter deixado de existir. Infelizmente o mundo ideológico determinado pelo pensar politicamente correcto, encontra-se sobretudo nas mãos de uma esquerda ideológica combativa; assim se evita o pensar individual e neutro.
    Grande abraço

  14. Manuel Miranda diz:

    Confirmada minha curiosidade.
    Deixo aqui o convite para visitar blogue:
    www. tiagolas.com
    Dedicado ao meu filho, agora com 36 anos, deficiente.
    Nesse espaço procuro deixar assuntos com interesse para a deficiência, para pais com filhos com deficiência. Nomeadamente sobre Educação Especial.
    Gostava de poder dispor de informação da Alemanha relativa a esse assunto.
    Com um abraço
    Miranda

  15. Cídio diz:

    Olá.
    Curioso, cheguei ao vosso site para me informar sobre questões dos refugiados sírios. Acabei encontrando alguém que teve formação nos salesianos. Não tive, mas tive um amigo (ex-padre e casado com uma professora), mais velho que eu e que muito me ajudou a estudar que teve um percurso parecido com o vosso. Chamou-me a atenção especificamente o método Paulo Freire. Com quem o meu amigo, Rogério Ignácio de Almeida Cunha(hoje falecido) esteve bem próximo por ocasião que Rogerio morava na Alemanha(onde fez doutorado em Teologia) e visitava Paulo Freite asilado na Suiça. Ademais, a mãe de Rogério examinou Paulo Freire na Banca do mestrado desse.
    Grande abraço e espero conseguir acompanhar vosso site.
    São Paulo – Brasil.

  16. Olá, António.
    Passei aqui para conhecer seu site também.
    Um abraço,
    Betty Vibranovski
    http://portuguessemmisterio.com.br/

  17. Ter o Dr. António Justo a colaborar com o Jornal de Oleiros,e com o Jornal de Vila de Rei, não é apenas um previlégio. É uma Honra enorme. Abraço.
    PF

  18. Bem Haja Dr António Justo

    É com grande apareço que vejo o amigo e compatriota a comentar o perigo da Invasão Islâmica da Europa…mais uma vez bem haja. O senhor “despertou” a tempo para a dura realidade actual que representa o Islão, e para isso basta visitar o site de movimentos que estão a crescer pela nossa Europa, como é o caso do PEGIDA.
    Muita portugueses não sabem e não sei se o Sr Dr conhece, mas também em Portugal o Partido Nacional Renovador (www.pnr.pt) é único partido em Portugal que levanta a Voz contra a Invasão Islâmica, aconselho uma visita à página oficial e facebook do partido. Aqui deixo um link do que se passou ontem (13fev16):

    https://www.facebook.com/PNR.Partido.Nacional.Renovador/

    Mas o PNR é o único partido em Portugal que comemora na rua os feriados nacionais, tendo como ponto mais alto o 10 de Junho – Dia de Portugal, coisa que os outros partidos não fazem.

    Sou militante e apoiante do PNR desde a sua fundação e convido-o a visitar-nos. Nunca votei noutro partido senão no PNR. É o único partido que defende Portugal e os Portugueses.

    Infelizmente o boicote da comunicação social não permite uma maior exposição e divulgação do partido, mas tendo em conta os resultados eleitorais crescentes do PNR, acredito veemente que havemos de lá chegar.

    Bem Haja
    João Mendes
    PNR

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *