INVEJA E EMULAÇÃO

Quem estiver interessado nas correntes filosóficas do período helenístico, especialmente na retórica das emoções bem como em questões de ética, rectórica (estruturação do discurso), etc.  torna-se recomendável a leitura do livro digital INVEJA E EMULAÇÃO  “INVEJA E EMULAÇÃO, em Homero, Píndaro, Aristófanes, Virgílio, Marcial, Plínio e Plutarco” editado por BELMIRO FERNANDES PEREIRA e JORGE DESERTO. Neste livro encontram-se os seguintes

Estudos tratados:

“Emulação e Inveja nos Poemas Homéricos”, por  MARIA HELENA DA ROCHA PEREIRA

“Inveja e Emulação em Píndaro” por MARTA VÁRZEA

“Inveja e Emulação em Aristófanes”, por JORGE DESERTO

“Auto-Elogio e Inveja na Obra Moral de Plutarco”, por Manuel Ramos

“Inveja e Emulação em Plínio-o-Moço” de VIRGÍNIA SOARES PEREIRA

“Inveja e Emulação em… Marcial: A vida e os seus costumes temperados com sal Romano” de JOÃO MANUEL NUNES TORRÃO E JOANA MESTRE COSTA.

“A Inveja de Drances e a Engrenagem Narrativa da Eneida” de BELMIRO FERNANDES PEREIRA

“Para Platão, como para estóicos e epicuristas, a felicidade deriva unicamente dos bens internos, donde se segue que, se estes são ilimitados, e se a sua aquisição depende apenas de cada um, não há qualquer vantagem na rivalidade. Já na ética aristotélica a felicidade procede tanto de bens externos (riqueza, saúde, estatuto social) como de bens internos (virtudes morais e intelectuais) …”

in

http://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/8323.pdf

 

Social:

Sobre António da Cunha Duarte Justo

Actividades jornalísticas em foque: análise social, ética, política e religiosa
Esta entrada foi publicada em Cultura, Política, sociedade. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *