POSSÍVEIS CONSEQUÊNCIAS DA CONTROVÉRCIA NO GOVERNO ALEMÃO SOBRE IMIGRAÇÃO

Novas configurações políticas na Alemanha/Europa

António Justo

O que acontece na Alemanha não pode passar desapercebido a todos os países da Europa.

Segundo um inquérito do INSA sobre tendências de opinião na Alemanha, a controvérsia entre os dois partidos do CDU/CSU (centro direita) tem como resultado, na opinião pública, a descida de perspectivas da CDU-CSU de 31% para 29%; o SPD (centro-esquerda) subiu de 17 para 18%; os outros partidos estagnaram: AfD 16%, “die Linke” (a Esquerda) 12 %, os Verdes 11% e o FDP 6%.

Da sequência das turbulências no Governo alemão entre os partidos irmãos CDU/CSU parece iniciar-se uma reorganização partidária na Alemanha como principal reacção à política nacional de refugiados políticos e refugiados económicos e à concorrência da AfD.

Se o assunto do contencioso sobre imigração entre a Chanceler e o Ministro do Interior não for resolvido a nível da EU, tudo leva a crer que, atendendo ao ultimato do Ministro, a coligação governamental corra grande riso de falhar e na consequência haver novas eleições.

Neste caso seria do interesse dos partidos da União concorrerem para eleições em toda a Alemanha e não como até agora o CSU só na Baviera e o CDU fora da Baviera.

Segundo o inquérito referido, se tal se desse, a CDU e a CSU alcançariam 40% (CDU 22% e CSU 18%) dos votos. A CSU só teria a ganhar! Neste caso dar-se-ia m desvio de eleitores na constelação dos partidos: O AfD desceria de 16 para 11%, o SPD pelos 17%, a Esquerda 12%, os Verdes 10% e o FDP 6%.

Na Alemanha, 62% dos alemães apoiam a posição do ministro do interior Seehofer de requerentes de asilo já registados noutros países sejam obrigados a regressar a eles; 31% são de posição contrária.

António da Cunha Duarte Justo

Pegadas do Tempo

Social:

Sobre António da Cunha Duarte Justo

Actividades jornalísticas em foque: análise social, ética, política e religiosa
Esta entrada foi publicada em Migração, Política, Religião. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *