SERVIÇO DA IGREJA CATÓLICA A REFUGIADOS NA ALEMANA

Em 2017, cresceu o interesse do catecumenado dos refugiados na Alemanha.  Em 2017 foram registadas em 22 dioceses católicas, pelo menos 507 indagações baptismais, sendo concretizados. pelo menos, 262 baptismos.

Em 2016 havia cerca de 100 mil voluntários da igreja envolvidos na ajuda aos refugiados e em 2017 havia cerca de 63 mil pessoas.

O número de empregados da igreja a tempo inteiro no auxílio de refugiados aumentou ligeiramente em 2017: em 2016 havia 5.900 empregados, e em 2017 havia pelo menos 6.400 funcionários a tempo integral nesta área.

Os seus campos de atuação são, sobretudo, os serviços de consultoria profissional, educação, serviços de integração, apoio psicossocial e terapêutico e assistência especial para refugiados menores de idade.

Outras estatísticas da Alemanha:

Em 2016 houve 792.000 nascimentos, 911.000 óbitos, foram feitos 98.721 abortos e entraram 280.000 refugiados.

Em 2017 houve 101.200 abortos registados e 186.644 requerentes de asilo.

Portugueses na Alemanha em 2015:       133.929; em 2016 aumentaram para 136.080.

António da Cunha Duarte Justo

Social:

Sobre António da Cunha Duarte Justo

Actividades jornalísticas em foque: análise social, ética, política e religiosa
Esta entrada foi publicada em Economia, Migração, Política, Religião. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *