AFORISMOS DA LINGUAGEM

AFORISMOS DA LINGUAGEM

 

Que seria das línguas se não fossem os gagos! Eles dão lugar à poesia.

Lusofonia é a família onde se ouvem as gentes que ficam!

A língua portuguesa acabou com os limites de invasores e invadidos tornou-se vida à mistura em sotaques de filosofia!

Na linguagem dou corpo à minha alma e nele me espelho.

Não falo em português, o português fala em mim!

© António da Cunha Duarte Justo

Pegadas do Tempo http://poesiajusto.blogspot.de/

 

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail
Esta entrada foi publicada em Arte, Cultura. ligação permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *