Arquivos Mensais: Outubro 2015

Dos Vendilhões do Templo de Jerusalém aos Vendilhões de Bruxelas

Entre Fariseus progressistas e Saduceus conservadores Por António Justo Situação na Polis outrora e hoje Os Saduceus (conservadores, acreditam no livre-arbítrio, negavam a existência da alma, de espíritos e de anjos) pertenciam ao alto escalão social e económico da sociedade … Continuar a ler

Publicado em Arte, Economia, Educação, Escola, Migração, Política, Religião | Deixe o seu comentário

PORTUGAL – UMA REPÚBLICA SEM POVO

Por António Justo Em Portugal não há Povo, poder-se-ia concluir da observação do discurso político e da acção política; tem-se a impressão de haver, de um lado, um povo eleitor de um certo povo e, do outro, um povo eleitor … Continuar a ler

Publicado em Política | Deixe o seu comentário

A INCLUSÃO CONTINUA A SER UM ESTRANGEIRISMO NO DISCURSO POLÍTICO PORTUGUÊS

Lógica da Gadanha e da Batata levam à incapacidade do compromisso para o Bem-comum Por António Justo “Seria uma obscenidade política o próximo governo ser liderado por quem perdeu as eleições” disse um Pires de Lima que, em vez de … Continuar a ler

Publicado em Arte, Educação, Política | Deixe o seu comentário

O Dilema da Bipolaridade na Governação de Portugal

Construir um Portugal mais temperado e menos revoltado Por António Justo O que une o centro-direita (governo) e o centro-esquerda (PS) são o compromisso com o liberalismo económico e o consequente seguimento do imperativo da desregulação ditada por Bruxelas. Direita … Continuar a ler

Publicado em Economia, Educação, Política | 1 Comentário

GRANDE COLIGAÇÃO DOS PARTIDOS DO ARCO DO PODER COMO NA ALEMANHA?

Resultados das Eleições legislativas- Tendência no Sentido da Grécia? António Justo A coligação Portugal à Frente (PSD e o CDS-PP) conseguiu 36.83% dos votos (99 deputados); o PS segue-se-lhe com 32,38%32 (85 deputados); o Bloco de Esquerda (BE) com 10,22% … Continuar a ler

Publicado em Economia, Política | Deixe o seu comentário